Moradores famosos do Prédio Dakota

709

O prédio Dakota se localizado próximo ao Central Park e acabou se tornando conhecido por ser o local onde o beatle John Lennon foi assassinado por um fanático. Mas ele também teve e tem moradores ilustres.

A primeira coisa que chama a atenção é a arquitetura de luxo e estilo, marcado pelo art nouveau. O prédio luxuoso e seus apartamentos chegaram a ser chamados pela revista Times como um dos locais mais perfeitos do mundo. Diante disso, muita gente se interessou a morar lá desde que ele foi construído entre 1880 e 1884. Na década de 70 ele se tornou um dos prédios históricos de Nova York. Tem até um livro contando sua história. Dá uma olhada nesse link.

Algumas curiosidades marcam o local, algumas delas como a já citada morte de John Lennon e também por ter sido cenário para O Bebê de Rosemary (1968), de Roman Polanski.

O Dakota, , que foi contruído por Edqward Clark e Henry J. Hardenberg,  tinha 65 apartamentos totalmente diferentes um do outro, e eles poderiam ser acessados através de luxuosos elevadores que eram separados por todo o prédio. A infra-estrutura extremamente moderna apresentava uma grande sala de jantar, sala de jogos, ginásio e pátio em comum. A eletricidade era fornecida por uma usina do próprio local, que permitia aquecimento central a todos os apartamentos.

 

O Bebê de Rosemary foi filmado lá. Olha aí a Mia Farrow.

Ele fora construído tendo em vista as classes altas e combinavam as comodidades de um hotel com espaços para trabalhos, além da excelente localização. Alguns anos depois, devido a problemas financeiros de seus donos, os apartamentos passaram a ser arrendados e vendidos. Isso foi a partir de 1961, quando se tornou uma cooperativa. Mas não pense que basta querer morar lá e ter dinheiro não. Cada um dos moradores são aprovados por um Conselho rígido e a lista de reprovados tem nomes como Cher e Madonna, para você ter ideia.

Não há como listar todos os moradores famosos, e confesso que foi difícil encontrar fotos de alguns em seus apartamentos, então coloquei aqui embaixo uma lista com alguns dos mais famosos:

Lillian Gish: A queridíssima atriz morou lá nos primeiros tempos, provalvemente nas décadas de 10 e 20. Não consegui informações até quando ela residiu, mas passou um bom tempo em um dos apartamentos.
Lauren Bacall: A atriz comprou o apartamento quando se casou com seu segundo marido, Jason Robards. E lá viveu por 53 anos até sua morte em 2014. Seu lar tinha nove quartos e foi vendido recententemente por US $ 23,5 milhões. Deus, como eu gostaria de visitar essa casa.
Outra foto do apartamento de Lauren Bacall. A atriz contou que chegou a ouvir o tiro que matou John Lennon, mas pensou se tratar de um estouro de pneu. Veja outras fotos do apartamento da Lauren aqui nesse site
Judy Garland: o apartamento onde a atriz morou estava à venda em 2016, conforme indica o site Architectural Digest. Ele também possui nove quartos e elegantes salas de estar com portas francesas, além de uma grande cozinha. Essa é uma imagem atual do local e pelo que percebo não guarda nenhuma marca da época quando ela residiu lá. Não consegui fotos dela no apartamento para fazer comparações. É uma pena.
Outra foto do apartamento de Judy Garland, que também possui uma biblioteca, uma visão privilegiada para o Central Park e sete lareiras. Ele estava à venda por 16 milhões de dólares. Mais fotos aqui.
Leonard Bernstein: o maestro e compositor possuía um dos mais caros apartamentos do lugar. Ele se localiza no segundo andar e tem quatro quartos e banheiros, além de bibliotecas, lareiras a lenha. Ele foi vendido por 25,5 milhões de dólares, mas acabou sendo levado por “só” 21 milhões. O de Lauren saiu mais caro, como podemos perceber.

 

O casal de atores Rosemary Clooney ( tia do George Clooney) e Jose Ferrer moraram por lá na década de 60. Não temos certeza se essa foto familiar foi tirada lá.
Talvez o casal John Lennon e Yoko Ono sejam os mais famosos moradores do local, devido ao drama que passaram por lá. O prédio era a residência oficial do casal desde 1973 e ele permaneceu lá até sua morte em 8 de dezembro de 1980.
Esta foto de Yoko foi tirada em 1981 e ela permanece morando lá (talvez com os filhos Kyoko Chan Cox e Sean Lennon). Aliás, a competente artista plástica possui vários apartamentos no mesmo edifício. 

 

Boris Karloff: Essa foto indica que foi tirada no apartamento pertencente ao ator no Dakota, mas não tenho certeza. Isso porque pelo que consta, ele foi o primeiro ator a ser aprovado a morar lá em 1930. Houve inclusive protestos, porque outros moradores achavam que um artista podia baixar o nível do local. 
Rudolf Nureyev: ele gostava de luxo e ostentação, e tinha uma enorme coleção. Após sua morte em 1993 iniciou-se uma enorme confusão encabeçada pelo advogado Barry Weinstein, que queria ter direito aos bens deixados por um dos mais aclamados dançarinos do mundo. 
Além do apartamento no Dakota ele tinha naturalmente outros espalhados pelo mundo: em Monte Carlo, Londres, outro em Nova Yk, em Virgínia, Caribe, Itália e Paris, obviamente.

 

Comente Aqui!