Conhecendo os Irmãos Marx: Groucho, Chico, Zeppo e Harpo

890

Malucos, excêntricos, escandalosos, maliciosos. Esses são apenas alguns dos mais variados adjetivos que caracterizam os Irmãos Marx. Nascidos em Nova York, se tornaram os mais famosos irmãos da comédia. Filhos de imigrantes judeus, Chico, Zeppo, Harpo e o líder Groucho invadiram primeiro os palcos, e depois as telas. Vamos conhecer um pouco cada um deles?

 

Groucho Marx

Nascido em 2 de outubro de 1890, seu nome verdadeiro era Julius Henry Marx. Era considerado o líder dos irmãos, embora fosse o terceiro filho. Além de uma carreira no cinema, também foi sucesso na rádio e televisão. Dentre suas características marcantes estão os óculos, charuto e bigodes e sobrancelhas que eram pintados. O personagem também era conhecido por suas tiradas rápidas e um humor ácido. Groucho morreu em 19 de agosto de 1977. Tinha 86 anos e foi vitimado por uma pneumonia. Casado três vezes, teve três filhos: Arthur, Miriam e Melinda. Relembre algumas de suas frases mais famosas.

Chico Marx

Leonard Marx nasceu em 22 de março de 1887 e era o mais velho dos irmãos. Seu personagem era caracterizado por um falso sotaque italiano, adquirido ainda nos tempos do teatro. Ele também usava roupas velhas e um chapéu estilo tirolesa. Nos filmes é o parceiro preferido de Harpo, quando este quer fazer suas maldades. Chico também era um excelente pianista e chegou a trabalhar na profissão antes da fama e chegou a liderar uma banda. O ator era o empresário do grupo e foi o responsável pela negociação com Irving Thalberg da MGM. Viciado em jogos e mulheres, perdia dinheiro constantemente. Foi o primeiro dos Marx a falecer em 11 de outubro de 1961. Tinha 74 anos e foi vitimado pela arteriosclerose. Foi casado duas vezes e teve uma filha chamada Maxine.

Harpo Marx

Adolph Marx nasceu em 23 de novembro de 1888. Ele detestava seu nome, e foi com alegria que passou a adotar o nome de Harpo. Seu personagem era um dos mais excêntricos, usando sempre uma peruca loura e sem dizer uma só palavra. Contudo, o personagem não era mudo e se comunicava constantemente por gestos e assobios. Além disso, também tocava harpa. Quando não estava na frente das telas, Harpo dedicava-se a pequenos prazeres como pintar.  Casado com a atriz Susan Fleming, adotou quatro crianças. O casal permaneceria unido até a morte dele em 28 de setembro de 1964, aos 75 anos.

Zeppo Marx

Herbert Manfred Marx nasceu em 25 de fevereiro de 1901. O mais jovem dos irmãos foi também o menos conhecido. Em parte por ter sido também o primeiro a abandonar o quarteto, preferindo seguir uma carreira como engenheiro e agente teatral.  Seu personagem era uma espécie de galã do grupo. Zeppo casou-se duas vezes e adotou dois filhos. Foi o último dos Marx a falecer quando sucumbiu ao câncer em 30 de novembro de 1979.

Você pode conhecer um pouco mais sobre eles também através de seus filmes. Esses são apenas alguns:

No Hotel da Fuzarca (The Cocoanuts, 1929), de Robert Florey, Joseph Santley: Groucho é o gerente de um hotel que tenta extorquir todo mundo, do inocente mensageiro a telefonista, e até a rica Sra. Polter. Enquanto isso, Chico e Harpo investigam uma denúncia de roubo de jóias dentro do hotel.
Os Galhofeiros (Animal Crackers, 1930), de Victor Heerman: O famoso Capitão Spaulding acaba de retornar da África. Durante uma festa em sua homenagem na propriedade da Srta. Rittenhouse, um valioso quadro desaparece. O intrépido explorador tentará resolver o crime com a ajuda de seus aliados malucos.
Os Quatro Batutas (Monkey Business, 1931), de Norman Z. McLeod: Os Irmãos Marx embarcam clandestinamente num luxuoso transatlântico, mas logo são descobertos pelo comandante. Enquanto tentam fugir das autoridades, eles se tornam guarda-costas de criminosos de gangues rivais, o que gera uma grande confusão dentro do navio.
Os Gênios da Pelota (Horse Feathers, 1932), de Norman Z. McLeod: Tentando ajudar o time de futebol americano da faculdade, o diretor vai até um bar próximo à escola, onde dizem que estão os melhores jogadores. Ele contrata dois homens, mas vai descobrir que essa dupla de esquisitos fará tudo, menos jogar futebol.
Diabo a Quatro (Duck Soup , 1933), de Leo McCarey: Rufus T. Fireflay é um ditador excêntrico que quer ser presidente de Freedonia, um pequeno país que está em crise financeira. Para elegê-lo, a senhora Teadstale promete doar 20 milhões de dólares aos cofres públicos se seu protegido chegar ao poder.
Uma Noite na Ópera (A Night at the Opera, 1935), de Sam Wood: Os irmãos Marx tocam o negócio de ópera feito doidos quando Otis encontra o ambicioso cantor Ricardo, que está determinado a conquistar o coração de sua colega cantora Rosa. Com a ajuda de Fiorello e Tomasso, Otis tenta unir o jovem casal, mas encontra resistência por parte de Lassparri, que também está de olho em Rosa
Um Dia nas Corridas (A Day at the Races, 1937), de Sam Wood: Um veterinário que se faz passar por médico e o dono de um cavalo de corridas e seus amigos ajudam a proprietária de um sanatório com problemas financeiros apostando em um cavalo de corridas de futuro pouco promissor.
No Tempo do Onça (Go West, 1940), de Edward Buzzell: Os irmãos Marx se aventuram no velho Oeste. Joseph e Rusty Panello ganham de um homem idoso a escritura de uma terra como pagamento, e acabam por a usar para pagar cervejas. Mais tarde, e já com o seu conhecido S. Quentin Quale, eles descobrem que precisam da escritura e começam a tentar recuperá-la para depois a levar para Leland Stanford. Mas os bandidos vão tentar impedi-los a todo o custo.

Comente Aqui!