Mário Lanza: Um Homem de Sangue Quente

322

Mario Lanza, um descendente de italianos, costumava sofrer de variações de humor. E parecia sofrer com a repentina fama que lhe ascendeu. Ia do bom humor à violência extrema em minutos.Tanto que os estúdios resolveram colocar ao seu lado um segurança que o segurasse nos momentos de raiva. O tiro saiu pela culatra.

Certa vez o ator cantor passou dos limites a acabou batendo em seu segurança a ponto dele ficar desfalecido em sua casa. Houve alvoroço, pois tal notícia poderia arruinar sua carreira. Com medo de perder o emprego, o funcionário negou que tenha sido Mario o causador. Era só o começo: vieram os vícios em bebida e barbitúricos. O ator era obrigado a tomar constantemente remédios para emagrecer.

Finalmente a MGM desistia dele. Veio o término do contrato. Mário viveria só mais um filme. Com o corpo debilitado pelas drogas, morreria de ataque cardíaco aos 38 anos de idade na Itália.

Comente Aqui!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAs Musas de Alfred Hithcock
Próximo artigoJoan Crawford e Clark Gable, os Reis de Hollywood
Formada em Letras, Design e Especialista em Estudos cinematográficos. É sobretudo uma curiosa sobre a sétima arte. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo.