Mata Hari, a mais famosa espiã foi fuzilada há 100 anos, mas nunca esquecida

2351

A primeira imagem que me vem à cabeça quando penso em Mata Hari é a figura da bela Greta Garbo desfilando os belos modelos desenhados por Adrian no filme homônimo de 1931:

MataHari, 1931

Mas a história romantizada de uma bela mulher que usava seus atributos físicos rara repassar informações até hoje permanece um mistério, sendo tema de filmes, livros e teses.

O que sabemos é que Margaretha Gertruida Zelle, nascida em 7 de agosto de 1876 (ou seja, era leonina), levava uma vida normal até que sua mãe faleceu e aos 15 ela teve que se mudar para a casa de seus tios. Tentou ser professora, mas aos 19 se casou com um homem chamado Rudolf John MacLeod. Aqui embaixo uma foto dos dois juntos:

Apenas repare essas feições e veja se isso tinha jeito de dar certo. Fonte: History Magazine

Após o casamento eles foram morar nas Índias Orientais e aqui embaixo está uma foto da Margaretha embarcando para lá cheia de esperança:

Margaretha (a primeira da fila a partir da esquerda), segue com o marido (o segundo da parte de trás a partir da esquerda) para as Índias Orientais. Fonte: History Magazine

Só que a vida nem sempre segue o rumo que queremos e o casamento era infeliz por diversos motivos. O primeiro dele era o alcoolismo do marido que se tornava cada vez mais violento. Mesmo assim eles tiveram duas crianças. Rudolph iniciou um romance com a babá das crianças. Enciumada, ela envenenou a garotinha, matando-a. Enlouquecida, Margaretha fugiu com o único filho que restava, mas o marido o tomou para ele, conseguindo a guarda.

 

Vejam como Mata Hari era linda

Ela tinha que seguir sua vida de alguma forma, começou a modelar e em algum momento se tornou Mata Hari, uma dançarina exótica que encantava a todos com seus passos, olhar e gestos. Mata Hari era a personalização do erotismo. Com isso começou a ganhar imensa fama, fazendo amizade e se tornando amante de homens poderosos.  Dentre estes, militares, empresários e políticos. E foi justamente seu envolvimento com militares de várias nacionalidades que fez com que começassem a suspeitar de suas atividades. Olhem que beleza ela nessas fotos:

Fonte: History Magazine
Fonte: History Magazine
Fonte: History Magazine

Mas será que ela era mesmo uma espiã? Os oficiais acharam que sim. Eem 1917 ela foi acusada e presa po conhecer oficiais alemães e franceses. Condenada como uma espião dupla, foi fuzilada em 15 de outubro de 1917, há 100 anos. Mas até hoje paira um mistério sobre isso já que nunca houve um consenso sobre ela ter sido mesmo culpada de algo.

A partir daí criaram-se mitos a seu respeito. Como uma mulher com tantos contatos teria sido levada à morte? Será que ela era realmente uma agente dupla? Criaram-se também boatos de que ela teria tirado o roupão que usava na hora do fuzilamento, ficando nua e mandando um beijo para seus executores. Isso é uma inverdade, já que a segundo a History Magazine nenhuma foto foi tirada do momento.

A primeira vez que sua história foi levada aos cinemas foi em 1931, por George Fitzmaurice dirigindo a já citada Greta Garbo. A atriz sueca incorporou com magia a mais famosa espiã do mundo, aumentando a áurea de mistério em torno da figura da bela mulher que encantou a tantos. Ela também se tornou alvo de livros tantos biográficos quanto inspiração para romances. Vocês estão sentindo falta de uma galeria dela com as roupas usadas em seus espetáculos não é? Deixei isso por último, para vocês admirarem o mito Mata Hari:

Fontes: MATA HARI: Did she cause the deaths of 50,000 soldiers in WWI?Mata Hari In Photos: The Ultimate Femme Fatale and Woman of Courage

Fonte:

Comente Aqui!