A Trágica história da ex-atriz mirim Jo Ann Marlowe

4660

Outro dia assistia a The Strange Woman (1946), de Edgar G. Ulmer. O filme traz Hedy Lamarr como Jenny, uma jovem mulher que usa sua beleza para manipular os homens e enriquecer. Mas foi a atriz que a interpretou na infância que chamou a minha atenção. Achei-a muito talentosa, mas indo em busca de informações sobre sua vida, deparei-me sobre uma trágica existência.

Nascida em 15 de dezembro de 1935 em Nebraska, a pequena Jo Ann Marlowe passava férias em Hollywood com seus parentes quando foi vista em um restaurante e chamada para testes de tela. A garotinha tinha apenas quatro anos e em 1942 estreava em A Canção da Vitória (Yankee Doodle Dandy, 1942), de Michael Curtiz. Não chegou a ser creditada neste e nos próximos filmes em que faria pequenas participações. Porém, em 1945 foi chamada para atuar ao lado de Joan Crawford e Ann Blyth em Mildred Pierce. No filme que rendeu um Oscar a Crawford, ela interpretava Kay, a filha menor de Mildred.

Com Joan Crawford e Ann Blyth em Mildred Pierce.

 

Com Hobart Cavanaugh e Marc Cramer em Little Iodine (1946)

Nos próximos anos ela participaria de algumas produções mas sua carreira nunca decolaria. Talvez por esse motivo, aos 15 anos, porém, faria sua última participação em Perdida de Amor (1950). Após se afastar das telas, Jo Ann continuou seus estudos e se formou em Direito pela Universidade Loyola de Los Angeles. Em 1960, aos 25 anos, se casou com John F. Dunne. Três anos depois nasceu a única filha do casal, Kimberly. O casal, porém, acabou se divorciando em 1968.

Jo Ann era uma advogada de sucesso quando sofreu um terrível acidente de carro no final de 1968. Como resultado, sofreu lesões que a deixaram em coma. Sabendo de sua situação, sua mãe a levou para sua casa. A ex-atriz jamais acordaria ou veria sua filha crescer: permaneceria em coma por 22 anos até falecer em 2 de janeiro de 1991 aos 55 anos. Sua mãe faleceria apenas em 2011. Infelizmente Jo Ann é apenas uma nota, muitas vezes não creditada em alguns filmes antigos.

KEEPER OF THE BEES, JO ANN MARLOWE, 1947

Fontes: Findagrave, Greatentertainersarchives

Comente Aqui!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO Colecionador (1965)
Próximo artigoBiografia de Jane Seymour
Especialista em Cinema Clássico e Crítica Literária, é sobretudo uma curiosa. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda o cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo.