Peter O’Toole de A a Z

651

Aposentaria: Em 10 de julho de 2012 ele anunciou sua aposentadoria. Mas continuou trabalhando até sua morte.

Bisonho: o ator, que era canhoto, foi obrigado a escrever com a mão direita enquanto estudou em uma escola religiosa.

Crueldade mental: Sua ex-esposa Siân Phillips escreveu um livro revelando que sofreu crueldade mental durante todo o casamento. Saber que ele arrumou uma amante e se separou dele a deixou mais aliviada. Eles permaneceram juntos entre 1959 e 1979 e tiveram duas filhas.

Peter O’toole com Siân Phillips e Kate

Descendente: Peter tinha ancestrais irlandeses e escoceses.

Estômago: devido ao excesso de bebida, ele fez uma cirurgia em que teve parte de seu estômago removido. Por causa disso ele ficou dependente da insulina.

Filhos: Peter teve três filhos. Patricia O’Toole (nascida em 1963 e também filha de Brown) e Kate O’Toole (nascida em 1957 e filha de Siân Philips). O último foi Lorcan O’Toole (nascido em nascido em 1983 e filho Kareb Brown).

Com dois de seus filhos: Kate e Peter.

Grande amiga: Katharine Hepburn. Tanto que ele colocou o nome de sua filha Kate em sua homenagem.

Katharine Hepburn e Peter O’Toole en The Lion in Winter (1968)

Harry Potter: Ele era amigo de longa data de Richard Harris. Depois que o ator morreu, O’Toole foi sondado para o substituir como o professor Albus Dumbledore, mas as negociações não deram certo e o personagem foi para Michael Gambon.

Richard Harris & Peter O’Toole

Influências: segundo o ator, Eric Porter foi o ator que mais lhe influenciou.

Jogos: Peter praticava cricket regularmente.

Kate O’Toole: sua filha também seguiu carreira artística e é atriz.

Lawrence da Arábia: Peter afirmou que só foi ver o filme vinte anos depois. Será verdade?

Minha Bela Dama (My Fair Lady, 1964): ele quase interpreta o professor Henry Higgins no filme. Mas a exigência de um alto salário fez com que os produtores optassem por Rex Harrison, que era muito velho para o papel mas cobrou menos.

Nascimento: Peter afirma que não sabe ao certo o dia de seu nascimento, porque foi registrado depois, mas ele diz que deve ter nascido em junho de 1932. Suas biografias, porém, dizem que seu nascimento foi em 2 de agosto de 1932.

Oscar: Ele foi nomeado para oito prêmios da Academia por: Lawrence of Arabia (1962), Becket (1964), The Lion in Winter (1968), Goodbye, Mr. Chips (1969), The Ruling Class (1972), The Stunt Man (1980), My Favorite Year (1982) e Venus (2006). Ganhou apenas um Honorário em 2003. Na época chegou a comentar que aquilo era uma prova que achavam que sua carreira já tinha acabado.

Premiere: O desempenho de Peter como Lawrence fiu classificada como a número um de todos os tempos pela revista Premiere.

Quatro: apesar de não ter ganhado nenhum Oscar, fora o honorário, Peter recebeu quatro Globos de Ouro, um Emmy e um Bafta.

Royal Academy of Dramatic Art: Ele estudou nessa escola de arte dramática entre 1952 e 1954 porque conseguiu uma bolsa.

Sexy: Foi eleito pela revista Empire como um dos atores mais sexys da história do cinema.

TOC: Segundo sua filha Kate, seu pai só usa meias verdes devido a superstições pessoais (ou TOC, né?)

Uma injustiça: Ele não ter ganhado o Oscar de Melhor ator por Lawrence da Arábia.

Verdadeiros Amigos: Durante as filmagens de Lawrence da Arábia, Peter e Omar Shariff se tornaram grandes amigos. Tanto que Peter disse que Omar tinha mais cara de Freddy. Ele o chamou assim pelo resto da vida.

Peter e Omar

Who’s Afraid of Virginia Woolf? (1966): Ele foi considerado para o papel de George, que acabou sendo interpretado por Richard Burton.

Y: Quentin Crisp: ele foi considerado a interpretar Quentin Crisp, mas John Hurt ficou com o papel.

X: Nos últimos anos de sua vida ele morou em Londres.

Z: uma frase pra fechar: “O único exercício que faço é caminhar atrás dos caixões dos amigos que fizeram exercícios.” O que é obviamente uma ironia, já que ele amava cricket.

Comente Aqui!