Romy Schneider de A a Z

112

Almodóvar: o direitor espanhol dedicou parcialmente seu filme “Todo sobre mi madre” a Romy.

Bild: A atriz foi a primeira colocada em uma pesquisa sobre os rostos mais lindos que a Alemanha já viu. A pesquisa foi realizada em 2005.

Channel: a estilista Coco Channel era uma fã confessa, e adora ver Romy vestidas em suas criações de tailleurs e colares de pérolas. Ficaram amigas.

Dor: Romy entrou em depressão depois do suicídio de seu primeiro marido. Logo após seu filho David morreu tragicamente empalado, ao pular um portão e ser perfurado por setas. Tinha apenas 14 anos.

Erotismo: Visconti tornou-a um símbolo sexual ao escalá-la para seu filme “Bocaccio 70”.

Família: filha dos atoores Magda Schneider e Wolf Albach-Retty.

Grande paixão: Alain Delon: os dois se conheceram durante as filmagens de Christine. Ela tinha 20 anos e ele 23. Entre idas e vindas, o romance durou 5 anos.

Hoje: Alain Delon colocou a seguinte frase, escrita em papel: “Você jamais foi mais bela doque hoje, veja você que aprendi algumas palavras em alemão para te dizer: Eu amo você, meu amor.”

Intriga: Na época de sua morte, foi amplamente discutido que ela teria sido causada na verdade, por ingestão de comprimidos e alcool. Suspeitou-se também de suicídio.

Jean-Claude Brialy: o apresentador Brialy e Romy foram grandes amigos. Ela também era muito amiga de Luchino Visconti.

K: foi eleita a maior atriz de todos os tempos pelos leitores do jornal francês “Le Parisien”.

La Piscine: último filme seu ao lado de seu ex-namorado Alain Delon. O casal havia rompido à pouco, e o curioso é que no filme faziam um casal em crise.

Morte: aos 43 anos, de parada cardíaca. Ela estava em profunda depressão depois da morte de seu filho David.

Nunca mais: A atriz se recusou a interpretar mais uma vez papéis de princesas, preferindo fazer filmes mais adultos.

Ouro: a atriz foi homenageada pela França com uma Moeda de ouro de cem francos com o seu rosto em 1995.

Primeiro marido: Harry Meyen. Da relação nasceu seu filho David. Biasini foi o segundo marido, com quem teve a filha Sarah. Meyen se suicidou pouco tempo antes da morte de Romy.

Quando voltam a florescer os lilases: seu primeiro filme.

Remake: a atriz Monica Belluci fez o remake de seu papel em “Chantal in Garde à vue” (1981) na versão americana “Under Suspicion” (2000).

Sissi: seu mais famoso papel. A atriz estreou no papel aos 17 anos e fez os cinco filmes da série. Sua mãe fazia o papel da mãe de Sissi.

Total: Foram 63 filmes realizados entre 1953 e 1982. Ganhou 2 Césares (1976 e 1979).

Um apelido: “Miss worried”.

Vícios: devido às constantes depressões, tornou-se viciada em alcool e barbitúricos. Fumava até três maços de cigarro Malboro por dia.

Wolfgang Albach-Retty: nome de seu irmão mais jovem.

X: Simone Signoret convenceu Romy a fazer seu último filme, realizado após a trágica morte de seu filho David.

Yves Montand: Os dois tinham uma amizade muito estreita.

Z: a atriz nunca mediu sua idade em anos, mas sim em filmes. Ela dizia que tinha 54 filmes, quando estava com apenas 41.

Comente Aqui!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorClark Gable de A a Z
Próximo artigoFrases de Ava Gardner
Especialista em Cinema Clássico e Crítica Literária, é sobretudo uma curiosa. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda o cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo.