Os Vestidos mais icônicos do Cinema

2401

Recentemente pedimos a ajuda de nossos leitores para que elegessem de uma lista de 10 qual era o seu figurino preferido. O vestido preto usado por Audrey Hepburn acabou sendo o mais votado, recebendo 32% dos votos totais. Fizemos uma seleção de alguns dos mais famosos e lindos vestidos da história do cinema americano:

 

. Este vestido preto usado por Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo (Breakfast at Tiffany’s , 1963) foi criado por Hubert de Givenchy. O vestido sem mangas é elegante e incrivelmente básico. Feito em cetim, era complementado com o uso de acessórios como o colar de pérolas, longas luvas também em cetim, uma tiara e óculos de sol criados por Oliver Golsmith. Leia mais sobre os figurinos deste filme em nossa matéria.
2º. Os figurinos de Marilyn Monroe em O Pecado Mora ao Lado (The Seven Year Itch, 1955) foram criados por William Travilla. O figurinista também era um dos preferidos da atriz, e a vestiu em inúmeras ocasiões. O vestido cor de marfim ficou famoso na cena do metrô.  Clique aqui para saber mais sobre o figurinista.
3º. Este vestido usado por Vivien Leigh em E o Vento Levou (Gone with the Wind, 1939) foi o terceiro mais votado por nossos leitores. Ele, assim como os mais de 5000 trajes criados para o filme, foi criado por Walter Plunkett.  Este modelo foi feito em organza verde e trazia estampas florais e chiffon. Você pode ver outros modelos usados pela atriz no filme nesta matéria que fizemos.
4º. Não existia outra mulher como Rita Hayworth em Gilda (1945). Este modelo de seda foi usado pela atriz para a famosa cena do Strip Tease. O figurino foi criação do figurinista Jean Louis, que também ficou famoso por criar o vestido que Marilyn Monroe usou para cantar “Happy birthday” para o presidente Kennedy.
5º. Este modelito foi usado por Grace Kelly em Janela Indiscreta (Rear Window, 1954). A saia de organza tinha várias camadas e foi criada por Edith Head.
6º. O vestido preto usado por Bette Davis em All About Eve (1950) foi uma criação de  foi uma criação da estilista Edith Head. Mas ao vestir, a atriz percebeu que o caimento não estava perfeito nos ombros. Como não houve tempo hábil para fazer os ajustes, Bette deixou as mangas caírem em seus ombros. Foi brilhante!
7º. Esse vestido criado por Irene Sharaff foi usado por Elizabeth Taylor em Cleopatra (1963). Ele foi projetado para parecer as asas de um fênix, e foi montado com finas tiras de couro e ouro e embelezado com milhares de miçangas, canutilhos e lantejoulas. Em 2012 foi vendido por 59.375 dólares. Antes ele estava armazenado em um armário de cedro. Confira outros modelos usados pela atriz neste filme em nossa matéria.
8º. Este vestido usado por Marlene Dietrich em O expresso de Xangai (Shanghai Express, 1932) foi criado por Travis Banton. O estilo e elegância eram marcas do figurinista, que buscava vestir suas atrizes com muito glamour. Para este modelo ele usou penas de galo e buscou realçar e iluminar o rosto da atriz de maneira única.
9º. O vestido usado por Ginger Rogers em Ritmo Louco (Swing Time, 1936) foi criado por Bernard Newman e primava pela liberdade nos movimentos garantido pelas camadas  de babados. Ele era o figurinista preferido da atriz e também a vestiu em outras produções. Confira uma matéria especial que fiz sobre Newman.
10º. Katharine Hepburn em Núpcias de Escândalo (The Philadelphia Story, 1940) em um modelo criado por Gilbert Adrian. Adrian também foi responsável por outros figurinos famosos como os do filme As Mulheres e Maria Antonieta.

 

Outros vestidos igualmente maravilhosos e que se tornaram icônicos:

O vestido usado por Marilyn Monroe em Os Homens Preferem as Louras, 1953) foi criado por William Travilla. O modelo inicial era curto e tinha diamantes, mas acabou sendo censurado. O figurinista criou então este modelo longo com luvas. Confira outros figurinos do filme.

 

Este vestido foi criado por William Travilla para que Marilyn Monroe usasse em Como Agarrar um Milionário (1953). Veja outros modelos usados no filme. 
Elizabeth Taylor em Um Lugar ao Sol (A Place in the Sun, 1951) foi vestida por Edith Head. O vestido foi uma homenagem aos típicos modelos usados nos anos 50: top sem alças coberto com pétalas de seda. Acabou se tornando o vestido de baile preferido das adolescentes americanas.
Este vestido vermelho usado por Grace Kelly em Disque M para Matar (Dial M for Murder , 1954) foi criado por Moss Mabry. O figurinista também foi responsável pela jaqueta vermelha usada por James Dean em Juventude Transviada.
Vestido usado por Jessica Lange em King Kong (1976). Criação de Moss Mabry.
Walter Plunkett criou os figurinos de Katharine Hepburn em Mary of Scotland (1936)
O vestido de noiva usado por Elizabeth Taylor em O Pai da Noiva (Father Bride, 1950) foi criado por Helen Rose.
Marilyn Monroe com um vestido criado por Orry Kelly para Quanto Mais Quente Melhor
Audrey Hepburn com um dos famosos modelos criados por Hubert de Givenchy para Funny Face (1957).
Eva Marie Saint com um vestido criado por Edith Head para North By Northwest (1959).

 

O suntuoso figurino usado por Hedy Lamarr em Samson E Delilah (1949) foi criado por Edith Head
O vestido usado por Julia Robert em Uma Linda Mulher (Pretty Woman, 1990) foi criado por Marilyn Vance.
O vestido vermelho usado por Kelly LeBrock em A Dama de Vermelho (The Woman in Red, 1984) foi criado por Ruth Myers
Molly Ringwald usou esse icônico vestido em A Garota de Rosa Shocking (Pretty in Pink , 1984). Ele foi criado pela figurinista Marilyn Vance.
Deborah Lynn Scott criou os figurinos para o filme Titanic. Este preto, usado por Kate Wislet é um dos mais marcantes.
Este vestido usado por Winona Ryder em Dracula (1992) é simplesmente fantástico. Todos os modelos do filme foram criados por Eiko Ishioka.

 

 

 

Comente Aqui!