Nell (1994)

162

Nell foi criada em uma floresta, ao lado da mãe e longe da civilização. Ela desenvolveu uma linguagem própria, um dialeto criado por ela e sua irmã falecida. É somente após a morte de sua mãe, que é encontrada pelo médico Lovell. Inicialmente o homem pensa que ela sofre de algum distúrbio mental, já que não consegue se comunicar de maneira satisfatória. Preocupado, ele chama a doutora Paula Olsen, para que juntos possam chegar a algum diagnóstico.

Uma das coisas que eles descobrem nessa caminhada, é que o dialeto da moça é resultado do convívio isolado com mãe, que sofria de paralisia facial. Ao longo do tempo, Lovell começa a perceber que Nell é mais lúcida do que muitas pessoas que vivem na sociedade. Sua pureza ainda o confunde, ao mesmo tempo que atrai pessoas maldosas que desejam se aproveitar dela. A sua cultura, desenvolvida ainda na infância, e a saudade da irmã, parecem ainda permear todos os dias de Nell.

A convivência faz com que Lovell comece a questionar seus próprios dogmas e questionar seu próprio mundo e dos que o cercam. Quem seriam os loucos? Ele agora tem certeza que não é a mulher de 30 anos, desprovida de maldades ou máscaras.

Uma das cenas que nos chamam a atenção e causa um certo calafrio é aquela em que Nell adentra em um bar. Percebemos, com angústia, ela ser cercada por homens maldosos e que se aproveitam de sua inocência para zombar dela. Nesse momento não há como não lembrar de uma cena fatídica do filme Acusados (1988), com a mesma Foster. Nela, a mulher também adentra em um bar e é estuprada por vários homens, numa das cenas mais fortes do cinema.

Jodie Foster é um dos maiores talentos de nossa época. A atriz que iniciou a carreira ainda criança, mostrou ao mundo o poder também como diretora e produtora, escolhendo papéis fortes e encorajadores. Em Nell, preferiu entregar a direção para Michael Apted. A sua atuação como Nell, chamou a atenção da Academia, que a indicou ao prêmio de Melhor Atriz. Naquele ano ela competia com Susan Sarandon, Miranda Richardon, Winona Ryder e a vencedora Jessica Lange. Talvez o fato dela ter recebido dois prêmios até então (O Silêncio dos Inocentes e Acusados) tenha afastado as possibilidades de vitória.

Nell traz reflexões importantes sobre a sociabilidade, sobre o que julgamos correto ou errado, ou como estamos despreparados para agir diante de alguém que tem uma cultura diferente da nossa. Nell não tem problemas, mas como agimos diante de pessoas com necessidades especiais? É a reflexão que ficamos diante de cenas tão delicadas, porém de enorme grandeza.

 

Elenco

Jodie Foster … Nell

Liam Neeson … Jerome Lovell

Natasha Richardson … Paula Olsen

O filme está sendo lançado pela Obras Primas do Cinema e pode ser adquirido em qualquer loja do ramo ou online, através do link abaixo:

 

 

Comente Aqui!