As mortes que marcaram o Cinema Clássico em 2016

28

Esse é um momento sempre triste do nosso Cinema Clássico, a retrospectiva das perdas. E elas não foram poucas neste ano. Janeiro marcou o maior número de perdas no mundo das artes, e finalizamos o ano com a partida de duas atrizes tão queridas, mãe e filha: Debbie Reynolds e Carrie Fisher. Para quem ama os filmes clássicos sempre é um momento complicado. Sim, sabemos que o momento sempre chegará, mas isso não anula o sentimento de perda daqueles mais queridos. Mas suas artes continuam a nos trazer sorrisos ou despertando sentimentos quando revemos algum de seus filmes. Isso é o que vale. Isso é o que nos consola. Essa lista não foi fácil de ser feita, por todos os motivos possíveis, mas principalmente esse: relembrar todas as perdas é revisitar os sentimentos da perda.
Sei que ainda faltam muitos nessa lista, que também pode ser conferida em vídeo, mas o que importa é que foi feita com muito carinho e respeito. A todos eles, meu muito obrigado.
JANEIRO

FEVEREIRO


MARÇO



ABRIL


MAIO


JUNHO


JULHO

AGOSTO


SETEMBRO

OUTUBRO


NOVEMBRO


DEZEMBRO


Confira nossa homenagem também no nosso canal no youtube:

 

Comente Aqui!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorYentl (1983)
Próximo artigoPara Guardar: Fotos de Debbie Reynolds e Carrie Fisher
Especialista em Cinema Clássico e Crítica Literária, é sobretudo uma curiosa. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda o cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo.