José Mojica Marins (Zé do Caixão)

Dados Pessoais

 

Nome:  José Mojica Moraes
Nascimento e local: 13/03/1936, São Paulo, Brasil
Ocupação: diretor, ator, produtor
Nacionalidade: brasileira
Casamento: Leny Dark
Filhos: Crounel Marins, Merisol Marins

 

 

Biografia

 

Pioneiro no cinema de terror no Brasil, José Mojica Marins, mais conhecido como Zé do Caixão, já fez mais de 30 filmes, dentre comédias, pornochanchadas e aventuras. Fundou aos 17 anos o Estúdio Companhia Cinematográfica Atlas, no Brás. Lá dava aula de cinema e também fazia testes com aranhas e ratos para suas cenas de terror.
Realizou filmes amadores em 16mm (mudos) e 35mm (sonoros). Seus filmes chegaram a ser censurados na década de 70. Nos anos 80 ele dedicou-se às pornochanchadas, com "24 horas de Sexo Ardente" (1984), "48 Horas de Sexo Ardente" (1986) e "Dr. Frank na Clínica das Taras" (1987). Foi então que foi reconhecido fora do país, tornando-se um cineasta cult. 
Um fato curioso é que o o diretor foi dublado em quase todos os seus filmes, exceto em Encarnação do Diabo. Dentre seus dubladores estão Laercio Lauretti, Araken Saldanha e João Paulo Ramalho. Seu personagem mais famoso foi criado em 1963, após ter um pesadelo. Sua primeira aparição foi no filme  À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1963). Sobre seu personagem, Mojica falou:
"Josefel Zanatas nasceu em berço de ouro, seus pais tinham uma rede de agências funerárias, fato que fez com que Josefel fosse uma criança muito sozinha, pois seus colegas os discriminaram por causa da profissão de seus pais.
Na escola era um ótimo aluno e, como não tinha amigos, fez dos livros seus grandes companheiros. Foi na escola que conheceu Sara, uma menina muito bonita e de boa família. Logo se tornaram grandes amigos, não se separavam por nada. Cresceram juntos e com o passar do tempo a amizade se transformou em amor. Decidiram que iriam se casar e mudar para uma cidade maior onde teriam mais chances de crescer na vida. Sara queria se casar fora do país, então tanto os pais de Sara quanto de Josefel resolveram viajar antes para começarem os preparativos para cerimônia.
 
Durante o voo, uma tragédia acontece: o avião com os pais de Sara e Josefel sofre um acidente e não há sobreviventes. Por causa do luto eles decidem adiar o casamento. Em decorrência da II Guerra Mundial, em agosto de 1943, cria-se a Força Expedicionária Brasileira (FEB). Somente vinte e oito mil pessoas se alistaram, Josefel era um deles e em conversa com Sara decidem juntos que só casariam quando ele voltasse da guerra.
 
E assim, na noite de 30 de junho, Josefel parte para a Itália. Durante o tempo que ficou lá, Josefel sofreu muito, e as saudades de Sara foram aumentando depois que ele parou de receber cartas dela. Depois que Josefel partiu para a Guerra, Sara continuou cuidando da funerária. Sempre escrevia para ele, mas depois de muitas cartas sem resposta, acabou concluindo que ele deveria estar morto. Como a vida não estava fácil, Sara aceitou o convite que havia recebido do prefeito e se casou com ele.
 
No dia 18 de julho de 1945, Josefel desembarca na estação de sua cidade e percebe que a cidade está vazia e sua casa fechada. Desesperado para encontrar Sara, decide perguntar a um bêbado onde estavam todos. O bêbado informa que a cidade inteira estava na casa do prefeito, pois havia uma festa para comemorar a volta dos "Pracinhas". Chegando na festa ele encontra Sara sentada no colo do prefeito e, antes que ela pudesse se explicar, ele saca o revólver e mata os dois. Josefel não é condenado pelo crime pois foi alegado que ele estava traumatizado pela guerra. Para ele não importava ser preso ou não, ele havia perdido Sara e com ela perderia também o sentimento chamado amor.
 
Josefel, que até então era um homem doce e bondoso, se torna uma pessoa amarga e sem sentimentos. Passa então a aterrorizar os moradores da cidade e logo recebe o apelido de Zé do Caixão. Zé do Caixão é um homem sem crenças, não acredita em Deus nem no Diabo, só acredita nele mesmo, acha que é o único que pode fazer justiça. Seu objetivo é encontrar uma mulher que compartilhe seus pensamentos e juntos tenham um filho, que possa dar continuidade à sua espécie, que ele acredita ser superior. Para Zé do Caixão, as crianças são os únicos seres puros, sem maldade no coração. Em busca pela mulher superior, ele passa por cima de todos aqueles que atrapalharem seus planos, não tem dó nem piedade e mata se for preciso. "
— José Mojica Marins
 
 

 

 

Filmografia

 

 

 

•  Encarnação do Demônio (2008) 

•  A Capital dos Mortos (2008) 

•  Rock Rocket: Doidao (2008) 

•  5 Mentiras (2006) 

•  A Marca do Terror (2005) 

•  Um Show de Verão (2004) 

•  A Lasanha Assassina (2002) 

•  Dr. Bartolomeu e a Clínica do Sexo (2001) 

•  Tortura Selvagem - A Grade (2001) 

•  Contos de Horror (1997) 

•  Ed Mort (1997) 

•  O Gato de Botas Extraterrestre (1990) 

•  Dama de Paus (1989) 

•  As Belas da Billings (1987) 

•  Horas Fatais (1987) 

•  A Hora do Medo (1986) 

•  O Filho do Sexo Explícito (1985) 

•  A Quinta Dimensão do Sexo (1984) 

•  Padre Pedro E a Revolta das Crianças (1984) 

•  O Segredo da Múmia (1982) 

•  A Encarnação do Demônio (1981) 

•  Chapeuzinho Vermelho (1980) 

•  Mundo-mercado do Sexo (1979) 

•  Estupro (1979) 

•  A Deusa de Mármore (1978) 

•  Inferno Carnal (1977) 

•  O Abismo (1977) 

•  O Vampiro da Cinemateca (1977) 

•  A Estranha Hospedaria dos Prazeres (1976) 

•  As Mulheres do Sexo Violento (1976) 

•  Fracasso de Um Homem nas Duas Noites de Núpcias (1975) 

•  O Exorcismo Negro (1974) 

•  Quando os Deuses Adormecem (1972) 

•  Sexo E Sangue na Trilha do Tesouro (1972) 

•  Finis Hominis (1971) 

•  O Profeta da Fome (1970) 

•  O Cangaceiro Sem Deus (1969) 

•  O Estranho Mundo de Zé do Caixão (1968) 

•  Por Exemplo Butantã (1968) 

•  Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver (1967) 

•  O Diabo de Vila Velha (1966) 

•  À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1964) 

•  Meu Destino em Tuas Mãos (1963) 

•  Éramos Irmãos (1960) 

•  Sina de Aventureiro (1958)

 
Rate this item
(0 votes)
Carla Marinho

Especialista em Cinema Clássico e Crítica Literária, é sobretudo uma curiosa. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda o cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo. 

Website: www.facebook.com/carlaamarinho

Leave a comment

PUBLICAÇÕES

« March 2017 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Mais Populares

Mais Recentes

Douglas Fairbanks, Sr

Douglas Fairbanks, Sr

05 November 2016
Mickey Rooney

Mickey Rooney

04 November 2016
Montgomery Clift

Montgomery Clift

04 October 2016

Photo Gallery