Report comment

Acho que Ingmar Bergman marcou a década de 70 e não deveria ser esquecido. Sonata de Outono, Gritos e sussuros, o setimo selo e Morangos Silvestres, qq um deles, poderia figurar nessa lista.