Buster Keaton de A a Z

 

A General:  a cena em que o trem cai sobre uma ponte consumiu meses para ser preparada. Foi filmada em Cottage Grove, Oregan e 20 anos depois, partes do trem ainda podiam ser encontradas no caminho. Essa foi a cena mais cara da história do cinema mudo. A locomotiva corria pela ponte em chamas e um grande público acompanhava o desfecho, enquanto ela despencava de uma altura de 10 metros. Custou 750 mil dólares, sendo seu filme mais caro, mas fracassou. Não era uma típica comédia de Keaton, e chocou o seu público. Hoje em dia é considerado um dos maiores filmes do cinema.

 

Buster Keaton Estúdio: localizava-se na Eleanor 6300 w, Califórnia e bancado por Joseph M. Schenck. O primeiro filme lançado pela companhia foi One Week. Após a falência do estúdio, Keaton assinou um contrato com a MGM.

 

Cineasta: após realizar sua primeira cena de filme de sua vida, Buster pediu aos estúdios que o deixassem levar uma câmera para casa. Lá desmontou todo o equipamento, remontou e aprendeu todo o processo sozinho, embora nunca tivesse frequentado uma escola normal.

 

Descendência: Keaton era descendente de ingleses e alemães por parte da mãe e de escoceses e irlandeses por parte de pai.

 

 

 

 Escândalo: Quando o ator Roscoe Arbuckle foi injustamente acusado de estupro seguido de assassinato de uma atriz durante uma festa, Keaton permaneceu ao seu lado, se oferecendo a depor a seu favor. Os advogados acharam melhor que ele não se envolvesse. Para ajudar o amigo, uma parte de seus lucros nos filmes foi secretamente destinado à defesa de Arbuckle.

 

Filmar em locação: Buster gostava de filmar em locação, utilizando-se de ruas, praças e avenidas movimentadas. Essa metodologia fazia com que ele economizasse dinheiro e hoje é um relato histórico dos Estados Unidos nos anos 20.

 

Guerra: em 1918 a carreira de Buster Keaton foi  temporariamente suspensa depois que ele foi convocado para a Primeira Guerra mundial.

 

 

Houdini: Segundo uma lenda, teria sido Houdini que colocou o apelido de Joseph Frank Keaton VI de Buster (ou espoleta). Quando ele tinha 2 anos, Keaton caiu rolando por um lance de escadas foi visto por Houdini que exclamou: mas isso é um espoleta!

 

 

 

Início: sua carreira teve início ainda na infância, ao lado de seus pais que eram atores de vaudeville. O grupo chamado "Os três Keatons" se apresentavam com um número em que os pais ensinavam a disciplinar uma criança muito mal educada.

 

Joe: o pai de Keaton fez uma participação em vários filmes do filho, incluindo “Sonho e Realidade”, “Vizinhos Vigilantes” e “A casa elétrica”.

 

 

Keatons: a agilidade de Keaton nas cenas de seus filmes foi adquirida ao longo de sua vida. Ainda criança, aos 4 anos ele era atirado no palco, executando proezas junto com seus pais. Buster era chamado de "esfregão humano". Ele tinha uma alça pregada nas costas e era atirado no palco por seu pai. Apesar disso ele dizia que não era maltratado por seu genitor.

 

Longa: o primeiro longa foi “A Antiga e a Moderna”. Paródia de Intolerância. Uma visão do amor ao longo da história. Ele ainda não trabalhava com scripts e improvisava a maioria de suas cenas e nao usava dublês. Durante a filmagem de uma das cenas, enquanto deveria pular de um prédio para outro, ele bateu na parede e caiu. Mesmo errando a cena, ele a usou, tornando-a uma de  suas mais memoráveis.

 

 

 

Marinheiro de Encomenda: Todos de sua equipe rezavam para que a cena em que a casa cai em cima de Keaton desse certo, pois caso ela caísse um cm errado, ele seria esmagado, pois a fachada pesava meia tonelada. Keaton corria riscos e planejava suas cenas meticulosamente. Pouco antes da cena ser filmada ele soube que o Buster Keaton Estúdio  iria fechar e aquele era o último filme produzido pela sua companhia.

 

Ninho de Amor: seu último curta. Ele queria fazer longas, assim como Chaplin e Harold Lloyd. Ele queria que seus longas metragens fossem diferentes de seus curtas. Ele gastou muito tempo pensando no enredo, e achava que a história tinha que ter impreterivelmente um bom começo e um bom final, para prender a audiência.

 

 

O encontro: Keaton foi convidado por Chaplin para fazer uma participação no seu filme Luzes da Ribalta. Uma das cenas mais memoráveis da história do cinema traz o encontro de dois grandes mestres, cada um com seu estilo.

 

Pedra: a marca principal de Keaton era o rosto fechado, que lhe rendeu o apelido de O Homem que nunca vi. Tal característica foi adquirida desde sua infância, pois seus pais notaram que o público ria mais quando ele caía e ficava sério. Aos 9 anos o rosto inexpressível já era sua marca.

 

 

 

Quebra: Por se entregar nas cenas, sem uso de dublê, Buster sofreu alguns revezes, dentre eles quebrou pé, fraturou costelas, quebrou até mesmo o pescoço  e teve outras tantas luxações.

 

Roscoe Fatty Arbuckle: os dois ficaram amigos e ele lhe mostrou como funcionava todo o processo de filmagem, cortes. Juntos fizeram alguns filmes. O primeiro foi “O menino açogueiro”. Sem roteiro, como a maioria dos filmes mudos, serviu para que Arbuckle ficasse impressionado com o amigo que fez a cena inteira num só take.

 

Sorrindo: Nos seus primeiros filmes Keaton ainda desenvolvia seu estilo e em “A Country Hero” (1917) ele pode ser visto chorando e rindo quando acerta a cabeça de Roscoe Arbuckle. Mas ele não gostou muito de ver-se rindo. Achava que se o ator risse o público não ria.

 

 

Talmadge: Natalie talmadge foi sua primeira esposa. A família de Natalie tinha tradição no teatro e cinema. Na época do casamento dos dois chegou-se a se espalhar o boato de que Keaton se casara com a mesma para ganhar o respeito na indústria. O curioso disso tudo é que hoje em dia Keaton é uma lenda do cinema, enquanto que poucos se lembram de quem foi Natalie. Juntos tiveram dois filhos, que tiraram o sobrenome Keaton após a separação do casal.

 

 

 

Último: seu último filme para a Buster Keaton Estúdio foi Marinheiro de encomenda.  Ele criou o personagem de um filho mimado, que ao final conquista a aprovação do pai ao salvar a todos numa cena de ciclone. Infelizmente o filme não foi tão bom nas bilheterias.

 

Variedades: Boa parte do filme “Convict 13” foi inspirado nos números que Keaton e sua família faziam no teatro de Variedades. No filme ele interpreta um prisioneiro e um policial. O seu pai, Joe também fez uma participação no filme.

 

Whisky: Desesperado com o término de seu casamento com Natalie, e com o fracasso na carreira, ele se tornou alcoólatra e chegou a beber um litro de whisky por dia. Ele chegou a afirmar que se casara com Mae Scriven, a enfermeira que cuidava dele, em uma crise alcóolica. Em 1935 ele passou por uma desintoxicação. Mas nunca se livrou do vício do cigarro, e fumava um cigarro depois do outro.

 

X: Seu último grande filme foi também o primeiro que ele fez para a MGM. O Homem das novidades. Keaton, acostumado a filmar no seu tempo e da maneira que queria, após ter assinado contrato com a MGM viu-se limitado a trabalhar sob os parâmetros do grande estúdio. Ele só queria fazer um filme do qual podia se orgulhar.

 

 

 

Y: O ator ganhou um Oscar honorário em 1960. Em 1957 ele havia sido homenageado com o filme biográfico   O Palhaço Que Não Ri, que traz Donald O'Connor no papel título.

 

Z: O ator morreu em sua casa, de câncer. Assim como Chaplin, dormindo, após um jogo de cartas com sua última esposa Eleanor. Tinha 70 anos. Uma década depois seu filme A General foi incluído em um dos maiores filmes do cinema.

 

Rate this item
(1 Vote)
Carla Marinho

Especialista em Cinema Clássico e Crítica Literária, é sobretudo uma curiosa. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda o cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo. 

Website: www.facebook.com/carlaamarinho

Leave a comment

PUBLICAÇÕES

« March 2017 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Mais Populares

Mais Recentes

Douglas Fairbanks, Sr

Douglas Fairbanks, Sr

05 November 2016
Mickey Rooney

Mickey Rooney

04 November 2016
Montgomery Clift

Montgomery Clift

04 October 2016

Photo Gallery