As várias versões de Alice no País das Maravilhas

405

Alice nos País das Maravilhas é a obra mais conhecida de Lewis Carroll e foi publicada em 1865. Conta a história de uma menina que cai numa toca de coelho e acaba sendo transportada para um lugar fantástico.  Desde então tem inspirado inúmeras versões no cinema. Segundo o site IMDB, até o momento mais de 100 títulos baseados na obra já foram lançados, entre filmes, séries e jogos.

Separamos algumas das versões mais conhecidas:

Alice In Wonderland (1903):  A primeira versão de Alice se destacou pelos figurinos e o diretor Cecil M. Hepwoeth manteve-se fiel aos desenhos feitos por Sir John Tenniel, ilustrador original dos livros de Carroll. Tinha 12 minutos, algo extremamente caro para a época, e trazia May Clark no papel de Alice.

Alice’s Adventures In Wonderland (1910): Feito pela Companhia Edison, tinha 10 minutos e conta um breve resumo do livro.

Alice In Wonderland (1915):  foi dirigido por W.W. Young e trouxe Viola Savoy no papel principal:

Alice In Wonderland (1923): A versão de 1955 não foi a primeira tentativa da Disney em trabalhar a Alice, e sim essa de 1923, que trazia Virginia Davis. Aqui, Alice visita um estúdio de animação e sonha estar nos desenhos animados:

Alice Through a Looking Glass (1928): 

Alice In Wonderland (1931): primeira versão da história agora no cinema falado, dirigido por Bur Pollard e estrelado por Ruth Gilbert:

Alice In Wonderland (1933): No natal de 1933 Charlotte Henry estrelou o filme dirigido por Norman Z. McLeod. Essa versão trazia atores legendários de Hollywood, como W.C. Field, Cary Grant e Gary Cooper , fazendo participações especiais. Na foto abaixo, Cary Grant como a tartaruga:
Alice Au Pays Des Merveilles (1949): versão francesa, traz os personagens interpretados por bonecos. O lançamento fora da Europa foi prejudicado por causa de disputas legais com a Disney, que preparava sua própria versão.
Alice In Wonderland (1951): Lou Bunin criou uma animação que incorporava elementos de “Through the looking Glass”. Kathryn Beaumont fez a voz de Alice. Considerando os grandes custos, foi uma grande decepção de bilheteria, mas ao chegar às telas de tv tornou-se um grande sucesso.

Alice In Wonderland (1966): Jonathan Miller lançou essa versão com atores britânicos que contou com  Michael Redgrave, Peter Cook e Peter Sellers, entre outros.
Alice In Wonderland  (1966): A United Productions of America lançou a versão animada de 52 minutos de “Alice of Wonderland in Paris”, que, como o título indica, mostrava Alice em aventuras em Paris; Sua voz foi dublada por Norma MacMillan:

Nesse mesmo ano, Hanna Barbera lançou (Alice in Wonderland, or What’s a Nice Kid Like You Doing in a Place Like This?), um especial para a TV que trazia as vozes de Sammy Davis Jr., Zsa Zsa Gabor, Mel Blanc, Harvey Korman e Doris Drew como Alice.

Alice’s Adventures In Wonderland (1972): estrelado por Fiona Fulleton, e ainda trazendo Peter Sellers, Dudley Moore, Michael Crawford e Michael Jayston no elenco, se tornou uma das versões mais populares.

Alice in Wonderland: An X-Rated Musical Fantasy (1976): A primeira versão pornográfica de Alice veio com “Alice in Wonderland: An X-Rated Musical Fantasy”:

Terry Gilliam’s Jabberwocky (1977): trazia a luta de Gilliam (uma espécie de Alice) lutando contra o terrível dragão:

Alisa v Zazerkale (1982): versão russa de 38 minutos, na animação:

Alicja (1982): Alicja foi estrelada por Sophie Barjac, numa versão moderna de Alice:

Alice at the Palace (1982): até Meryl Streep já foi Alice nessa versão que trazia também Betty Abelin, Debbie Allen, Richard Cox e Michael Jeter no elenco.

Alice In Wonderland (1982): Annie Enneking iniciou a produção televisiva de Alice. A mesma trazia elementos de Alice in Wonderland e Through the looking glass.

 Caterpillar from Dreamchild (1985): de Gavin Millar. Versão grotesca da história, trazendo Ian Holm e Charles L. Dogson:

Neco z Alenky (1988), Versão bizarra e surrealista da história, criada por Jan Scankmajer:
Through the Looking Glass (1998): após uma década sem aparecer nas telas, Alice retorna em Alice Through the Looking Glass, estrelado por Kate Beckinsale, e trazendo de volta Lewis Carroll, que já havia participado do filme Dreamchild, uma década antes.

The Mock Turtle (1999): estréia a versão “The Mock Turtle” do canal de tv Hallmark Channell, trazendo Whoopi Goldberg, Peter Ustinov, Gene Wilder, Christopher Lloyd:

Alice (2010): chega às telas a versão em 3D de Tim Burton, trazendo Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Alan Rickman, Christopher Lee, Anne Hathaway e Mia Wasikowska como Alice:

Comente Aqui!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMelhores Filmes de Estréia de Diretores
Próximo artigoLili (1953)
Especialista em Cinema Clássico e Crítica Literária, é sobretudo uma curiosa. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda o cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo.