Rita Moreno quase morre por causa de Marlon Brando

506

A atriz Rita Moreno confessou que quase morre por causa de Marlon Brando. O relato está em sua autobiografia Rita Moreno: A memoir. Segundo a atriz, Marlon Brando exigiu que ela fizesse um aborto. Após isso ela estava tão arrasada que entrou numa depressão profunda. No banheiro de Marlon ela encontrou um punhado de remédios para dormir e tomou, tentando o suicídio. A assistente de Marlon lhe encontrou no chão e lhe salvou a vida.

Rita revelou que Brando foi o homem que ela mais amou na vida. O segundo foi seu marido, Leonard “Lenny” Gordon, um médico com quem ficou casada por 46 anos. O casamento terminou quando Gordon morreu em 2010. O casal teve uma filha.

Rosita Doleres Alverío é o seu nome verdadeiro, nascida em Puerto Rico em 11 de dezembro de 1931. Aos 5 mudou-se com a família para Nova York. Começou a carreira artística aos 11, como dubladora. Dois anos depois já estava na Broadway. Estreou no cinema fazendo pequenas pontas, como em “Cantando na Chuva”, de 1952.

O primeiro destaque veio em “The King and I’”, interpretando uma das esposas do Rei. Em 1961 veio seu maior sucesso com “West side story”. Versátil, Rita canta, dança e interpreta e acabou ganhando seu único Oscar de Atriz Coadjuvante. Na verdade merecia um papel maior. Rita atuou ao lado de Marlon Brando em “The Night of the Following Day”, e os dois acabaram tendo um romance.
LIVRO: Rita Moreno: A memoir
AUTORA: Rita Moreno

Comente Aqui!