Humphrey Bogart era Impotente, segundo Biografia

2038
Nas telas era duro, frio e sofisticado, na vida real, um dos mais lendários atores de Hollywood era sexualmente voraz e infiel. Humphrey Bogart, o famoso ator de Casablanca,  teve três casamentos infelizes antes de conhecer o amor de sua vida, a atriz Lauren Bacall. Antes de casar-se com a atriz em 1945, Bogie tinha ido para a cama com diversas mulheres, incluindo Bette Davis, Jean Harlow, Marlene Dietrich e Ingrid Bergman, mas mesmo assim temia ser gay. Algumas dos casos do ator foram brevíssimos. A tentativa de seduzir uma muito jovem Bette Davis foi interrompida quando a mãe dela o expulsou de sua casa, chamando-o de “escravo de sua genitália”.

A afirmação foi feita na biografia escrita por Darwin Porter. O autor sugere que, durante seu segundo casamento com a atriz Mary Philips, Bogart ficou cheio de incertezas devido a sua crescente impotência e chegou a questionar-se sobre sua sexualidade, chegando ao desespero e pensando em se suicidar..

Darwin Porter trabalhou em Hollywood nos anos 60 e afirma que Philips insistiu em manter o casamento abertos, tanto que ela teria passado a noite anterior ao seu casamento com um amigo de Bogie, como uma espécie de despedida de solteira.

 Ao se ver  impotente, Bogart teria confessado a um confidente seus pensamentos em se matar. “Mas eu nunca fui além de pensar nisso. Não consigo me ver com uma navalha na minha garganta”, teria dito.

O livro “Humphrey Bogart, Making of a Legend” é baseado nas memórias inéditas e entrevistas com alguns contemporâneos do ator. Ele sugere que a confusão mental do ator é resultado de sua infância complicada. Seu pai era cirurgião e lhe batia constantemente. Em uma dessas surras bateu no filho tão forte que estraçalhou seus lábios. Submetendo-se a uma cirurgia feita pelo próprio pai, o ator ficou com a língua presa permanentemente e teve os movimentos dos lábios afetados.Na década e 20 Bogart fugiu para a Broadway, encontrando fama e fortuna. Foi lá que ele começou o incrível catálogo de conquistas sexuais. “A Broadway tinha cerca de 120 teatros e havia quatro atrizes para cada ator disponível. Não há uma estimativa sobre isso, mas é provável que Bogart tenha dormido com mais de 1000 mulheres”, afirma Porter em sua biografia.

O ator se casou com sua primeira esposa, a atriz Helen Menken, em 1926. Porter afirma que ela era lésbica. O casamento dos dois durou apenas um ano. Seu segundo casamento durou de 1928 a 1937.

No ano seguinte ele se casou com a esposa número três, Mayo Methot. Durante sete anos de casamento ela teria chegado a apunhalar o ator com uma faca de açougueiro, e eles eram conhecidos pelo relacionamento violento.

Bogart encontrou o seu amor verdadeiro ao lado de Lauren Bacall. Os dois se conheceram nos sets de filmagem de To Have and Have Not (1944). No mesmo ano se casaram. Foi um relacionamento feliz, embora ele continuasse com um longo caso com sua cabelereira, Verita Peterson. O ator morreu de câncer aos 57 anos, em 1957.

Livro: Humphrey Bogart, o Making of a Legend
Autor: Darwin Porter
Para comprar CLIQUE AQUI ou AQUI

Comente Aqui!