Roger Moore, das séries de tv ao seu personagem mais icônico: James Bond

2032

Roger Moore se tornou conhecido por sua participação na série de filmes como o agente 007. E a missão não foi nada fácil, já que ele substituiu Sean Connery e George Lazenby.

 

Roger George Moore nasceu em 14 de outubro de 1927. Começou a carreira artística participando como extra em alguns filmes, dentre eles,  César e Cleopatra (1945). A experiência foi de fato gratificante, pois logo em seguida conseguiu uma bolsa para estudar na Real Academy of Dramatic Arts. No período também fez algumas propagandas, estabelecendo-se como modelo. Em 1954 assinou um contrato com a MGM e partiu para a América. Suas esperanças não foram realizadas, pois apareceu somente em alguns filmes que não tiveram grande apelo junto ao público. Voltou-se para a televisão, e iniciou uma série de participações em séries para a tv:

Ivanhoe (1958 – 1959): o ator interpretou Sir Wilfred de Ivanhoe. Foram 39 episódios de uma série voltada ao público jovem. Christopher Lee também fez uma participação.
The Alaskans (1959–1960): Roger trabalhou ao lado de Dorothy Previne, Jeff York e Ray Danton, interpretando o papel de Silky.

 

Maverick (1960 – 1961): Seu personagem era Beau Maverick. Outros atores a participar da série foram James Garner, Jack Kelly e Robert Colbert. Moore apareceu em 14 episódios após a saída de Garner. Foi aqui que começou a chamar a atenção.
The Saint (1962–1969): Foi sua primeira série de grande sucesso. Em The Saint o ator adotou um estilo que repetiria futuramente nos filmes como o agente 007. A série produzida pelo ator durou 118 episódios. No período o ator fez alguns filmes como Crossplot (1969) e The Man Who Haunted himself (1970).
The Persuaders!(1971-1972): Moore formava uma dupla de playboys ao lado de Tony Curtis. A série o transformou em o ator de televisão mais bem pago do mundo. Foram feitos 24 episódios que foram exibidos em todo o mundo.

 

Roger Moore se transforma em James Bond

Foram necessários 10 anos até que Roger estivesse disponível para assumir seu papel como James bond. No início da década de 70, Sean Connery negava-se a voltar à série, e chegava a hora de Roger assumir seu lugar. Em 1972 finalmente aceitou a proposta do produtor Albert Broccoli. Para o papel teve que cumprir algumas exigências como cortar o cabelo e emagrecer. Valeu a pena. Foram 7 filmes ao longo de 12 anos:

Com 007 Viva e Deixe Morrer / Live and Let Die (1973)
007 contra o Homem com a Pistola de Ouro / The Man with the Golden Gun (1974)
007 – O Espião que me Amava / The Spy Who Loved Me (1977)
007 contra o Foguete da Morte / Moonraker (1979)
007 – Somente para seus Olhos / For Your Eyes Only (1981)
007 contra Octopussy / Octopussy (1983)
007 – Na Mira Dos Assassinos / A View to a Kill (1985)

Em seu último filme como James Bond, Roger tinha 58 anos. Embora tenha feito muito sucesso como James Bond, o ator disse em entrevista recente que Daniel Craig fez melhor interpretação do icônico personagem. Para o ator, Craig fez uma mistura de todos os agentes anteriores.

 

Vida Pessoal e sucessos futuros

 

Roger Moore foi casado quatro vezes:

Em 1946 Roger casou pela primeira vez. Tinha 18 e Doorn Van Steyn era 6 anos mais velha. O casamento durou até 1953.
A segunda esposa foi a cantora Dorothy Squires com quem casou em 1952. Ela era 13 anos mais velha que o marido. O casamento começou a desmoronar quando ele partiu para Hollywood,iniciando uma série de discussões em público. O casal se separou após o ator conhecer sua próxima esposa.

 


Luisa Mattioli seria a próxima esposa. Do relacionamento nasceram três filhos: Deborah, Geoggrey e Christian. Os dois ficaram juntos por 27 anos até o ator começar a se relacionar com Kristina, amiga de Luisa. Os filhos se afastaram do pai e Luisa escreveu um livro onde revelava o que passou. O divórcio saiu apenas em 2000, após um acordo milionário.
Em 2002 o ator oficializou sua relação com Kristina Tholstrup, com quem permaneceu casado até sua morte.

 

No período em que Roger esteve à frente da franquia Bond, atuou paralelamente em outros filmes como Gold (1974), Shout at the Devil (1976) e Noth Sea Hijack (1979), dentre outros. Após se afastar do seu papel mais icônico, iria retornar à televisão na série My Riviera (1990). Um dos seus últimos papéis mais marcantes foi em Boat Trip (2002), onde ele interpretou um homossexual.

Aposentado das telas, dedicou-se ao trabalho social, tornando-se embaixador da UNICEF em 1991. O ator foi nomeado comandante da Ordem do Império Britânico em 1998 por suas honras prestadas à UNICEF. Em 2000 recebeu um prêmio humanitário por seus trabalhos com caridade e campanhas de conscientização contra abusos aos animais. Em 2003 foi promovido a Cavaleiro comandante. Roger recebeu uma estrela na calçada da fama em Hollywood aos 80 anos. Passou seus últimos anos vivendo na Suíça onde morreu vitimado por um câncer. Tinha 89 anos.

Roger Moore em janeiro de 2017

Comente Aqui!