Evelyn Nesbit: Escândalos da primeira Supermodelo

5446

Quem foi Evelyn Nesbit? Se você tivesse vivido na virada do século passado não teria feito essa pergunta. Todo mundo sabia quem ela era! De corista e modelo, teve a vida marcada por escândalos.

Evelyn nasceu Florence Evelyn Nesbit no dia de Natal em 1884 em uma pequena aldeia perto de Pittsburgh. Seu pai era um advogado que morreu quando Evelyn tinha apenas oito anos de idade. Ele deixou para trás dívidas substanciais e uma viúva com dois filhos que estavam na miséria.

Durante a adolescência, Evelyn já chamava a atenção com uma beleza de tirar o fôlego. Ela logo encontrou emprego como modelo. Quando ela tinha dezesseis anos, ela e sua mãe se mudaram para Nova York, onde Evelyn foi apresentada a vários artistas de Nova York trabalhando como modelo e corista.

Evelyn Nesbit, 1901

Aos 16 anos ela chamou a atenção de um arquiteto milionário chamado Stanford White, casado, mas que estava determinado a seduzi-la. White tinha 47 anos na época. Ele convidou Evelyn para seu apartamento de luxo, localizado acima da loja FAO Schwarz sob o pretexto de querer fotografá-la. Após algumas visitas os dois tornaram-se amantes.

Stanford White

Mas pouco tempo depois Evelyn se envolveu com Harry Thaw Kendall, filho de um barão do carvão e do ferro. Ele se tornou cada vez mais possessivo. Thaw tinha ciúmes de seus envolvimentos anteriores , mas principalmente com Stanford White, que tinha tirado a virgindade de Evelyn. Thaw teria sido um viciado em cocaína que gostava de chicotear sadicamente mulheres, incluindo Evelyn e outras jovens. Mas apesar disso, Evelyn se casou com Thaw em 1905, quando ela tinha 20 anos de idade.

Harry K. Thaw

Na noite de 25 de Junho de 1906, Nesbit e Thaw encontraram com Stanford White na platéia do último piso do teatro do Madison Square Garden. Tomado por ciúmes e querendo “lavar a honra” de Evelyn,  Thaw atirou em White três vezes à queima-roupa no rosto. Após isso foi preso e julgado duas vezes pelo assassinato de Stanford White.

O primeiro julgamento terminou em um impasse, e com o segundo julgamento alegou insanidade temporária. A mãe de Harry Thaw supostamente prometeu a Nesbit um divórcio tranquilo e um milhão de dólares se ela testemunhasse em favor de seu filho, dizendo ao júri que Stanford White tinha violado (Evelyn) e que Thaw estava apenas vingando sua honra.

 

Evelyn testemunhou, obteve o divórcio, mas nunca viu um centavo do que foi prometido. Thaw foi encontrado insano e foi preso em um hospital para criminosos insanos, onde ele gozava de liberdade quase total. No entanto, ele fez escapar várias vezes, mas foi pego, e em 1915 ele foi libertado após ter sido julgado são.

 

Após o julgamento, Evelyn trabalhou no vaudeville e em filmes mudos. Casou-se novamente, mas estava viciada em alcool e cocaína e chegou a tentar suicídio em vários momentos. Ela publicou dois livros de memórias, e em seus últimos anos dava aulas de cerâmica. A ex-modelo morreu em 1967 aos 82 anos. Ela teria sido a inspiração para muitas ilustrações da “Gibson Girl” de Charles Dana Gibson .

Em 1955 foi lançado o filme “The Girl in the Red Velvet Swing”, contando um pouco de sua história.

 

Comente Aqui!