20 Curiosidades Sobre Casablanca

4898
Apenas o Café do Rick foi construído para o filme

Getty Images
Eram tempos de guerra e não havia muito dinheiro para investir nos filmes. Os outros cenários foram todos reciclados de outras produções da Warner Brothers.
2
Muitos atores que interpretaram nazistas eram na verdade judeus

Madeleine Lebeau, por exemplo, tinha escapado dos nazistas. Ela foi a última do elenco a falecer em 1 de maio de 2016. Tinha 96 anos.
3
Humphrey Bogart era mais baixo que Ingrid Bergman

Para diminuir a diferença, o ator usava sapatos de plataforma que possibilitavam que ficasse 6 cm mais alto. Bogart também filmava em cima de caixas e usava travesseiros nas cenas em que apareciam sentados.
4
Diálogos e cenas censuradas

Getty Images
Os diálogos em que Ilsa afirma que Victor Lazlo é seu marido quase foi cortado do roteiro devido à censura. Naquele período, uma mulher casada tendo um romance com outro homem era considerado imoral. Para a cena passar foi preciso fazer ajustes. Todas as cenas contendo insinuação sexual também tiveram que ser refeitas.
5
Mayo Methot, esposa de Bogart, estava enfurecida

Getty Images
Mayo estava desconfiada que seu marido estivesse tendo um caso com Ingrid. Ela chegou a invadir os camarins da atriz, o que deixou Bogart furioso. Na verdade, apesar da química em tela, os dois não chegaram nem a ser amigos. A única vez que se encontraram fora dos sets foi em um almoço dado por Geraldine Fitgerald.
6
Conrad Veidt odiava os nazistas

Getty Images
Conrad Veidt era bem conhecido na Alemanha por seu ódio aos nazistas e total apoio aos judeus. O ator também era casado com uma judia, e chegou a fugir do país por causa de suas atividades anti-nazistas.
7
Dooley Wilson não sabia tocar piano

Getty Images
O inesquecível Sam na verdade era um baterista profissional. Quem tocou a melodia foi o pianista Elliot Carpenter. Dooley apenas imitou os movimentos das mãos de Elliot.
8
Sam seria uma mulher

Getty Images
O produtor Hal B. Wallis queria Hazel Scott , Lena Horne ou Ella Fitzgerald no papel da pianista.
9
“As Time Goes By” foi escrita em 1931 por Herman Hupfeld
A composição foi feita originalmente para o programa da Broadway Everybody’s Welcome (1931). O compositor Max Steiner, responsável pela trilha sonora de Casablanca, queria fazer uma composição própria, e lutou até o último momento para que a canção de Hupfeld não entrasse.
10
Apenas três integrantes do elenco eram americanos

Humphrey Bogart, Dooley Wilson e Joy Page (na foto) eram os únicos integrantes do elenco principal que nasceram na América. Foram usadas pessoas de 34 nacionalidades diferentes.
11
Rick nunca falou “Toque mais uma vez, Sam”

Getty Images
Na verdade ele diz: “Você tocou para ela, pode tocar para mim. Se ela aguentou, eu também aguento.”
12
Michéle Morgan foi considerada para o papel de Ilsa

Getty Images
Porém foi preterida ao exigir 55 mil dólares. Ingrid recebeu apenas 25 mil.
13
Os roteiristas não queriam Claude Rains no elenco

Eles duvidavam da sua capacidade interpretativa. Bem, mais tarde reconheceram que estavam errados. Falando em Rains, ele não era fumante, mas seu personagem sim. O ator fumou durante as cenas, mas nunca inalou a fumaça.
14
Ingrid Bergman não estava interessada

Getty Images
A atriz não achava que Casablanca fosse se tornar um grande sucesso. Aliás, ninguém achava isso. Ela na verdade estava mais interessada em trabalhar no filme Por quem os sinos Dobram.
15
O produtor Hal B. Wallis não queria que Bogart usasse um chapéu

Wallis temia que o personagem passasse a ideia de ser um gangster. Porém, a cena final no aeroporto imortalizou o item.
16
Paul Henreid era o mais antissocial do elenco

Ele não se dava bem com ninguém, e não escondia que achava Bogart um ator medíocre. Ingrid chamava Henreid de “prima donna”.
17
A canção La Marseillaise foi escrita em 1792
A canção foi composta por Claude Joseph Rouget de Lisle, em Estrasburgo, após a declaração de guerra da França contra a Áustria. Ela é cantada por Laszlo e um grupo de clientes para abafar um grupo de soldados alemães cantando “Die Wacht am Rhein”.
18
Ninguém sabia como seria o final

O roteiro foi sendo construído à medida em que as cenas eram filmadas e muitas falas eram surpresa para os atores. Nem todos gostavam disso. Aliás, ninguém gostava.
19
François Truffaut foi procurado para dirigir um remake

Truffaut disse que era um clássico intocável devido à sua importância. O diretor frisou que não imaginava atores como Jean-Paul Belmondo e Catherine Deneuve nos papéis que pertenceram a Bogart e Bergman.
20
Mas Madonna queria fazer uma refilmagem de Casablanca

Getty Images
Porém, não conseguiu um só estúdio que se interessasse pela ideia. Todos aparentemente concordavam com François Truffaut.

Comente Aqui!