Charity, Meu Amor (1969)

1085

Adaptação do clássico Noites de Cabíria, de Federico Fellini, Sweet Charity estreou como espetáculo musical da Broadway em 1966. No musical adaptado por Neil Simon, Cabíria que originalmente seria uma prostituta se transforma em uma dançarina de boates e seu nome passa a ser Charity. A música é de Cy Coleman e direção e coreografia de Bob Fosse. Após mais de 600 apresentações e 12 indicações ao Tony, ganhou a versão cinematográfica.
Fosse também foi designado para dirigir o filme lançado em 1969 trazendo Shirley MacLaine no papel título. Shirley, uma atriz completa que era capaz tanto de cantar quanto dançar, já era uma atriz consagrada tanto em comédias quanto em dramas e musicais, tendo atuado em filmes de sucesso como Se meu apartamento falasse, de Billy Wilder, onde foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz e A senhora e seus maridos, um ótimo musical onde atua ao lado de grandes astros como Paul Newman e Gene Kelly.

Sweety Charity conta a história de Charity Hope Valentine, uma mulher que apesar da vida que leva de dançarina da noite, é provida de uma imensa ingenuidade. Sonhando em encontrar o verdadeiro amor, ela embarca em relacionamentos abusivos que sempre terminam mal. Até que um dia ela conhece Oscar Lindquist (John McMartin), por quem se apaixona, mas que ignora a vida que ela leva. Edith Head assinou os figurinos magníficos que exploravam a bizarra moda dos anos 60 em Nova York e evidenciavam o colorido e espaço das cenas, se tornando um dos destaques do filme:

Bob Fosse coreografou as cenas musicais dando seu já conhecido toque exótico e moderno às coreografias, principalmente nas sequências “Frug de Rich Man” e “Big Spende”.
“Big Spender” trata sobre a sexualidade mecanizada, sobre mulheres que vão ao bar e de forma robótica repetem palavras e posturas falsas. Fosse iria ser reconhecido futuramente em Cabaret, estrelado por Liza Minnelli, mas já aqui mostra sinais de sua genialidade na dança.

Fosse é ousado na direção e a atuação da querida Shirley embora não alcance a magistral interpretação de Giuletta Masina em Noites de Cabíria, tem um carisma enorme e abraça a personagem de maneira fascinante. O fato é que a interpretação de MacLaine é maravilhosa, mas é mais convincente se você nunca tenha visto a de Giuletta Masina no filme original.

No entanto são justamente as cenas não musicais que cansam. Tornam-se enfadonhas e o longo tempo de exibição de 149 minutos parece exagerado para qualquer musical. Segundo o mestre Alfred Hitchcock, a duração de um filme deveria estar diretamente relacionada à paciência da bexiga e Sweety Charity funcionaria muito bem com 30 minutos a menos.

O filme lançado nos últimos tempos do código de censura que fez perder muito da história original e com seu lançamento esperava-se um renascimento do gênero musical, que andava já em baixa. Mesmo com a expectativa o gênero continuou escasso e com poucos sucessos.

A Academia reconheceu o esforço de Fosse, e indicou o filme para três categorias: Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino e Melhor Trilha Sonora, no entanto não recebeu indicações para as categorias mais importantes.

FINAL ALTERNATIVO (SPOILER)

 

Sweet Charity teve um final alternativo “feliz”, que foi incluído como extras no DVD lançado pelo Selo Obras Primas do Cinema. Fosse lutou muito para manter o final original que mostra ela abandonada pelo amante mas ainda com esperança na vida e no amor.

Tomando esse como um filme distinto do filme italiano de Fellini, o final feliz caberia perfeitamente, com Charity finalmente encontrando o seu amor. Porém o pessimismo presente na obra original torna ele uma obra prima do cinema.

 

O Filme está sendo lançado no Brasil

 

O filme está sendo finalmente lançado no Brasil pelo Selo Obras Primas do Cinema. O dvd traz como extras o documentário “Dos Palcos para Tela”, além do final alternativo e o trailer original.

O dvd também traz um card do filme.

Para adquirir:

2001 Vídeo:
– Charity, Meu Amor

Livraria Cultura:
– Charity, Meu Amor

Livraria da Folha:
– Charity, Meu Amor

DVD Nostalgia:
– Charity, Meu Amor

 

Comente Aqui!