Casado com Minha Noiva (1936)

229

Se há algo que alivia as tensões é assistir a uma boa e clássica comédia. E se é isso que você está procurando, nada melhor do que curtir Libeled Lady, filme dirigido por Jack Conway e que trazia como protagonistas o quarteto: William Powell, Myrna Loy, Spencer Tracy e a Jean Harlow.

Como toda comédia maluca, o filme traz um enredo rocambolesco e que dificilmente se tornaria real. Bem, tentarei explicá-lo:

Tentando explicar a sinopse:

Spencer Tracy é Warren Haggerty, um editor de jornais que só tem olhos para seu trabalho. Com isso negligencia sua noiva Gladys (Jean Harlow). Após adiar o casamento de ambos tantas vezes, mais uma vez ele a deixa esperando no altar: acontece que acidentalmente lançaram uma fake news envolvendo o nome da socialite Connie Allenbury (Myrna Loy).

Com seu nome manchado, Connie decide entrar na justiça e exigir que o jornal lhe pague 5 milhões de dólares. Desesperado, Warren entra em contato com o fanfarrão e esperto Bill Chandler (William Powell). O plano inicial é tentar manchar de verdade a honra de Connie, insinuando que a mesma está tendo um caso com Bill. Só que, como já é esperado, Bill e Connie se apaixonam enquanto o casal Warren e Gladys entram no meio dessa confusão.

A comédia ligeira uniu muito o quarteto de atores que se tornou inseparável. Harlow queria inicialmente interpretar a personagem Connie, mas não conseguiu. O público amava ver os filmes de Powell e Myrna. E eles como casal nas telas, funcionavam muito bem. Tanto que estrelaram ao todo 15 filmes!

Myrna, Powell, Harlow e Tracy

Mas há uma pequena curiosidade nisso tudo: Enquanto o público torcia por um casamento ou romance entre Loy e Powell, na verdade ela havia se casado e ele estava namorando Jean Harlow. A loira e o ator estavam mesmo com planos de se casarem em breve, mas não puderam realizar o desejo: em junho de 1937 Jean Harlow morreu aos 26 anos de

Quando o público se empolgava com o “casal” na ficção formado por Powell e Loy, a verdade era outra. Harlow e William Powell estavam namorando e pensavam em se casar. Infelizmente ela morreu poucos meses depois. Jean foi enterrada com um vestido usado neste filme. Nas suas mãos havia um bilhete escrito por William Powell: “Boa noite, minha querida”.

Comente Aqui!