Expresso Para Berlim (1948)

559

Filho do cineasta Maurice Tourneur, Jacques Tourner (1904 – 1977) se tornou um dos diretores mais aclamados posteriormente, por sua carreira desenvolvida na América sobretudo no gênero noir. Fuga do Passado (1947) talvez seja seu filme mais conhecido e traz Robert Mitchum no elenco. Sangue de Pantera (1942), seu mais aclamado, revisita a lenda da mulher pantera. Seria ela realmente uma vítima da maldição ou apenas uma mulher com problemas psicológicos? O filme deixa em aberto a questão apenas com as sugestões. Tourner estava no ápice de sua carreira quando realizou “Expresso para Berlim”, em 1948.

Tocando num assunto ainda traumático para todos, o pós guerra, “Expresso para Berlim” teve tomadas de cena realizadas em uma Frankfurt devastada com a guerra, além de passagens por Berlim e Paris.
A presença do narrador (tipicidade em filmes noir) se faz presente em toda a trama. É ele quem nos apresentará cada um dos passageiros daquele trem. Cada um nascido em um país diferente, a saber: Rússia, Inglaterra, América e França. Todos embarcam no expresso de Berlim e representam metonimicamente o país ao qual pertence. Naquele trem, não há apenas personagens, mas todas as nações as quais eles representam. E fica claro que de aliados, acabam se transformando em adversários, diante de suas hostilidades uns com os outros.
No trem também se encontra a misteriosa Lucienne (Merle Oberon), que além de falar inglês, também é fluente em alemão e francês. Quem seria ela? Há ainda um quinto elemento, um homem importante que obtém regalias devido ao seu prestígio na luta contra Hitler. Bernhardt (Paul Lukas) é um pacificador que tem planos de unificar o país em ruínas, e devolver a paz para todos. Seria ele um visionário ou um louco? Semear a paz tem sido um grande motivo de perseguição ao longo dos anos, e com pouca surpresa percebemos que nada muda. Por causa de seu posicionamento, Bernhardt será perseguido e sofrerá atentados contra sua própria vida. O grande questionamento que permeia todas as fases é: Seria possível a humanidade manter-se em paz? Seria a guerra mesmo necessária?
Vale a pena conferir Expresso para Berlim. O filme está sendo lançado pela Classicline e pode ser encontrado em algumas das melhores lojas do ramo:

Comente Aqui!