Guerra e Paz (1965)

2815

Guerra e Paz, escrito por Lev Tolstoi , inicialmente publicado em um periódico se tornou uma das obras mais conhecidas da literatura russa. A história narra um período da história do país que abrange o governo de Napoleão Bonaparte, trazendo uma riqueza de detalhes e realismo que o fizeram se transformar em uma das maiores obras da literatura mundial. O romance do autor de Anna Karenina teve seu final reescrito entre 1866 e 1869, por ele não estar feliz com o resultado, mas nem ele imaginava o sucesso que teria sua grande obra. Narrado em russo e francês (já que a aristocracia naquela época falava esta língua), conta a história de cinco famílias e o vínculo delas com a história.

A primeira adaptação para as telas veio em 1915, quando os diretores Vladimir Gardin, Yakov Protazanov. trouxeram uma versão muda da história e que já era longa para os padrões da época, om 1h 40 min. Mas a adaptação mais conhecida foi a dirigida por King Vidor e que trazia como atores principais Audrey Hepburn, Henry Fonda e Mel Ferrer. Essa versão também é longa e conta com 3h 28min de projeção.

Mas a melhor versão lançada foi dirigida pelo russo Sergei Bondarchuk, trazendo quase oito horas desta fascinante história. A obra destrincha trecho a trecho o romance de Tolstoi , e traz no elenco, além de Bondarchuk, os astros Ludmila Savelyeva e Vyacheslav Tikhonov. A obra lançada entre 1965 e 1967 foi a mais cara produzida no país e se tornou um grande sucesso de público e crítica, que acompanhavam avidamente cada uma das estreias. O filme ganhou prêmios significativos, como o Grand Prix do Festival de Moscou e o Oscar de Melhor Filme estrangeiro.

Obras Primas do Cinema está lançando o box contendo os quatro filmes: Andrey Bolkonskiy (Voyna i mir I: Andrey Bolkonskiy, 1965, 140 min.), Natasha Rostova (Voyna i mir II: Natasha Rostova, 1966, 93 min.), O Ano de 1812 (Voyna i mir III: 1812 god, 1967, 77 min.) e Pierre Bezukhov (Voyna i mir IV: Pierre Bezukhov, 1967, 92 min.). Além de um making of e entrevistas com Vyacheslav Ovchinnikov (33 minutos), Vassily Lanovoy (9 minutos) e Irina Skobtseva (5 minutos); Entrevista com o diretor Sergei Bondarchuk (14 minutos); Liev Tolstoy (6 minutos)

Confira o trailer:

Comente Aqui!