Festival de Cannes, a mais importante vitrine do mundo do Cinema

1543

*Na foto de capa, Grace Kelly

O Festival de Cannes nasceu como uma espécie de rival da Mostra de Veneza desde 1939. Cannes foi escolhida e seu nome exposto, mas veio a guerra e os planos foram adiados durante muito tempo. A cerimônia acabou sendo cancelada mesmo com a presença de grandes astros americanos como Tyrone Power, Norma Shearer e Gary Cooper. Ela viria a acontecer somente quase 20 anos mais tarde.

Foi apenas em 1946 que se realizou a primeira cerimônia onde foram apresentadas 18 produções de todo o mundo. Dentre eles A Batalha dos Trilhos, Sinfonia Pastoral, Roma, Cidade Aberta, Desencanto e Farrapo Humano. A partir de 1952 passou a acontecer no Palais des Festivals. A Palma de ouro (nome escolhido por causa das palmeiras que circulam a praia) começou a ser entregue em 1955. Elaé feita em ouro e anexada a uma peça de cristal.

A edição mais lembrada sem sombra de dúvidas é a de 1968. Naquele ano um grupo de jovens cineastas liderados por François Truffaut, Jean Luc Godard, Louis Malle, Jean-Gabriel Albicocco e Romain Polanski invadiu o palco pedindo o cancelamento do evento em solidariedade aos estudantes e operários em greve.

O Brasil também esteve presente em algumas edições. O Cangaceiro (1953), de Lima Barreto foi o primeiro a ser premiado, seguido por Orfeu Negro (1959). Glauber Rocha representou o Brasil com Terra em Transe e O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro. Na década de 80, Fernanda Torres recebeu o prêmio de melhor atriz por Eu Sei que Vou te Amar. Em 2016 o pernambucano Kleber Mendonça Filho também marcou presença com Aquarius.

O festival se tornou uma grande vitrine, tanto para os cineastas que desejam lançar seus filmes quanto para os astros, que tem uma oportunidade de aparecer para as câmeras de todo o mundo. E vários se consagraram por lá, como Luis Buñuel, Francis Ford Coppola, Federico Fellini, Akira Kurusawa e Quentin Tarantino. Os cineastas sabem que é uma grande honra ter seu filme selecionado, e não são poucos os que desistem de estreá-lo em outros festivais para exibi-lo em primeira mão em Cannes. Isso porque os filmes devem ser inéditos. Com isso, se tornou o evento mais esperado e o mais importante festival de cinema do mundo.

Outro fato que chama a atenção em Cannes, além da qualidade dos filmes, é a grande quantidade de astros que passam por lá. Dentre os astros mais fotografados estão Sophia Loren, Brigitte Bardot e Alain Delon. Mas outros também deram o ar de sua graça como Cary Grant, Kirk Douglas, Romy Schneider e Alain Delon, Marcello Mastroianni, Romain Polanski, dentre outros. Vamos conferir algumas fotos mais marcantes desse festival:

Alain Delon e Bella Darvi 1958
Zsa-Zsa Gabor at Cannes, 1960s
Yves Montand e Sophia Loren, 1961
Vittorio de Sica, Ingrid Bergman e Danny Kaye by Edward Quinn, 1956
Tippi Hedren e Alfred Hitchcock, Cannes, 1963
Serge Gainsbourg e Jane Birkin, 1969
Roman Polanski e Catherine Denueve, Cannes 1965
Roger Vadim e Dustin Hoffman, 1974
Robert Redford e Sydney Pollack, 1972
Robert Mitchum e Jack Palance, 1954
Robert De Niro e Jodie Foster , Cannes, 1976
Peter Fonda, Jack Nicholson, e Dennis Hopper, Cannes, 1969s
Morgan Hodgins e Ava Gardner, 1956
Monica Vitti
Marcello Mastroianni, Marco Ferreri e Gérard Depardieu, 1978
Luchino Visconti, Claudia Cardinale and Burt Lancaster, 1963.
Jerry Lewis em 1965
Jean Paul Belmondo e Claudia Cardinale, 1960
Grace Kelly, Cannes, 1955
Gina Lollobrigida em Cannes, 1955
Gina Lollobrigida e Alain Delon, 1961
Elizabeth Taylor
Elizabeth Taylor, 1957
Dennis Hopper, Cannes Film Festival 1980
Claude Lelouch, Jean-Luc Godard, Francois Truffaut, Louis Malle e Roman Polanski. 1968
Carroll Baker, 1960s
Bette Davis by Francois Gragnon, 1963
Anne Baxter e Orson Welles, Cannes Film Festival 1953
Andre Maurois, Olivia de Havilland e Rex Harrison, 1965
Alain Delon e Sophia Loren

Confira também:

https://cinemaclassico.com/fotos/os-maiores-astros-do-cinema-classico-no-festival-de-cannes/

Comente Aqui!