Nos Cinemas: Homem-Aranha: Longe de Casa

120

Olá pessoal, hoje eu tenho o prazer de falar um pouco para vocês a respeito do filme do “Amigão da Vizinhança” e o meu super-herói predileto, o Homem-Aranha que ganha o seu segundo filme solo no MCU (Universo Cinematográfico Marvel).

Sabe aquele filme que você sai da sala de cinema e tem vontade de voltar na sala para rever???

“O Homem-Aranha: Longe de Casa” é um desses filmes.

O filme é dirigido pelo Jon Watts, que também dirigiu o “Homem-Aranha: de Volta ao Lar”, e conta com o roteiro muito bem escrito e amarrado de Chris McKenna e Erik Sommers.

A atuação fica por conta do impagável Tom Holland no papel principal de Homem-Aranha e Peter Parker; a talentosa e belaZendaya retorna como Michelle (MJ), o par romântico do Peter Parker;JakeGyllenhall como o antagonista Mysterio, dá um show de interpretação, fazendo o vilão muito parecido com o dos HQs; Samuel L. Jackson retorna como o unânime Nick Fury; bem como Jon Favreaunos brinca com o Happy agora enamorado de uma belíssima Tia May interpretada pela Marisa Tomei; Jacob Batalonreencarna de novo como o melhor amigo do Peter, Ned, o Cara da Cadeira – além de várias outros atores que cumprem com veracidade os seus papeis.

O filme tem um roteiro, como podemos dizer, redondo ou seja: atrativo; dinâmico; com toques de comédia; coerente;cheio de pequenas e grandes surpresa e eastereggs; com início meio e fim bem definidos em cada um dos seus atos – o que faz realmente o filme parecer bem mais curto do que realmente é.

A direção e atuações maravilhosas e convincentes conseguem prender os espectadores e tornam a películaleve, divertida e ao mesmo tempo cheia de ação, aventura e uma grandiosidade que demostra a importância que o Homem-Aranha deve tomar na nova fase do MCU.

Tecnicamente “Longe de Casa” tem efeitos especiais arrebatadores, uma fotografia muito bonita, trilha sonora variada e que remete a cada uma das nações na qual os personagens estão, além de efeitos sonoros que fazem a sala de cinema tremer.

O filme em si, acontece oito meses após os eventos de “Vingadores: End Game” quando as pessoas que retornaram dos mortos ainda estão se adaptando a suas vidas. Peter Parker, agora com 16 anos, vive os conflitos entre ter uma vida normal como adolescente e ao mesmo tempo assumir a grande responsabilidade de assumir o vazio que foi deixado pelo Homem-de-Ferro. Assim sendo, durante as férias escolares na Europa, enquanto planeja pedir a MJ em namoro, Peter é surpreendido pela convocação de Nick Fury que deseja que o jovem o ajude a vencer criaturas elementais que podem acabar com toda a vida na Terra.

É neste momento que Quentin Beck, o Mysterio, um super-heróique veio de um outro universo,entra em cena. Ele está disposto a ajudar a salvar o nosso mundo, já que o mundo dele foi aniquilado por tais criaturas. É deste modo que o Homem-Aranha e Mysterio trabalham juntos e se tornam, por assim dizer: “amigos”. Só que as coisas não são tão simples e as reviravoltas que o filme dá, apesar de algumas até previsíveis, são muito bem executadas e com explicações completamente lógicas, que terminam fazendo links com filmes anteriores do MCU.

Este filme tem tudo para se tornar o maior sucesso dentre todos os filmes solo do nosso Aracnídeo predileto, inclusive podendo bater a marca de U$ 1 bilhão; o que em minha opinião, se acontecer, será bastante merecido, pois eles conseguiram entregar verdadeiramente a essência do que realmente o Homem-Aranha representa para os fãs de um modo geral, mas em especial para o dos HQs, que como eu, esperávamos um filme como este para um Homem-Aranha jovem e aprendendo a usar seus poderes, além entre os conflitos pessoais e a sua “Grande Responsabilidade”.

As duas cenas pós-créditos valem muito a pena a espera, porquanto são os verdadeiros links e interrogações para o que está por vir no MCU. E certamente o retorno do J.J. Jamerson – revivido pelo J. K. Simmons, no final do filme já mostra que ele veio pra realmente causar uma revolução na vida do Homem-Aranha.

Então nem precisa perguntar se você deve ir assistir… Pois a resposta é um gratificante “SIM”. Homem-Aranha: Longe de Casa é um filme divertido e recomendado para todas as pessoas. Vá ao cinema conferir, pois eu irei outras vezes.

Se quiser saber mais sobre o filme, confira nosso vídeo no #KnowGeek:

Comente Aqui!