O Escândalo que acabou com a Carreira de Edna Purviance

504

Quem acompanha nosso site sabe o quanto eu sou fã da Edna Purviance. Minha queda por ela é tão profunda que pedi emprestado seu nome para o primeiro blog que tive, há mais de catorze anos. A atriz nascida em Nevada foi a principal de Charlie durante vários anos. Após a despedida da companhia que fez parte durante muito tempo, Edna estava pronta para seguir voo solo em dramas. Insegura, achava que não conseguiria, e um golpe de azar iria colocar o pá de cal em cima de seus sonhos.

Noite de reveillon de 1924. As autoridades policiais são avisadas que o empresário Courtland Dines foi baleado em circunstâncias misteriosas em seu apartamento em Los Angeles. No dia seguinte os jornais estampavam o escândalo envolvendo duas das atrizes mais famosas daquele tempo: Edna Purviance e Mabel Normand.

O trio em viagem no iate de Dines. A foto foi encontrada na casa do empresário
Mabel, Denver e Edna. Foto encontrada pelas autoridades na residência onde ocorreu o crime.
Dines mudara-se para a Califórnia em 1923 e em pouco tempo se tornara uma figura bem conhecida nos meios sociais, estando constantemente em movimento: já investira em aviação, corretagem e agora em petróleo. Era, portanto,  um homem de vários negócios e encontrou ótima companhia em Edna. O namoro começaria por volta de 1923 e especula-se que o casal pensava em se casar logo em breve embora a família do empresário não gostasse do  relacionamento dele com uma atriz. Logo Edna apresentaria sua amiga Mabel ao noivo e o trio estava formado.
O trio em viagem no iate de Dines
Mabel por sua vez era uma atriz extraordinária e uma figura carismática. Começando a carreira ao lado de Mack Sennett, com quem noivaria, chegou a dirigir Charles Chaplin em seus primeiros filmes. Os dois também atuaram juntos em comédias que traziam no título o nome da atriz como Mabel’s Strange Predicament (1914) e Mabel’s Busy Day (1914). O problema de Mabel era que quando sua vida parecia estar entrando no rumo certo, era levada para um abismo de dificuldades.
A primeira foi quando flagrou seu noivo Mack com a atriz Mae Busch. Ela ficou tão abalada que jogou um vaso na cabeça dele, levando-o ao hospital. Pouco tempo depois seu nome estava novamente estampado nos jornais, dessa vez por ser a última pessoa a ver o diretor William Desmond Taylor vivo. Mabel nunca foi considerada uma suspeita do caso Taylor, mas a sociedade a julgou profundamente e relembrou o caso quando Dines sofreu o atentado.
Mabel ao lado de Chaplin em um dos muitos filmes que protagonizariam juntos
Naquela fatídica noite de ano novo, o trio tinha passado o dia bebendo na casa de Dines. Por volta de sete horas da noite, o motorista de Mabel, Horace Greer, foi busca-la. A partir daí o que ocorreu de fato não é bem certo, já que cada um deles contou várias versões do ocorrido. Segundo Greer, ele por algum motivo acreditava que Dines estava forçando Mabel a ficar na casa, e jogou uma garrafa de licor quando ele tentou levar a atriz.
Aborrecido, o motorista puxou a arma e desferiu três tiros não fatais na vítima. Abaladas pela bebida, as duas mulheres não conseguiam pensar direito no que fizessem, e por esse motivo não cogitaram pedir ajuda, fazendo elas mesmas os primeiros socorros. Assustado, Greer partiu imediatamente, indo se entregar na delegacia mais próxima. A arma utilizada pertencia a Mabel e na manhã seguinte os jornais estampavam mais um grande escândalo em Hollywood.
A arma utilizada no crime e encontrada no apartamento
É preciso que se diga que Hollywood começava a atentar para tantos escândalos que surgiam com os astros de cinema. Eles pareciam estar mais soltos do que era aceitável para parte de uma sociedade conservadora. Além do já citado caso envolvendo William Desmond Taylor, teve o maior deles, o do astro Roscoe Arbuckle, acusado da morte da atriz Virginia Rapé. O escândalo custou-lhe a carreira apesar de sair inocentado dos tribunais.
Outro bastante conhecido foi o da morte de Olive Thomas, esposa de Jack Pickford. A jovem atriz morreu após misturar bebidas e um remédio para sífilis depois de uma festa. Não resistindo à intoxicação veio a óbito aos 26 anos. Também houve dúvidas sobre o que realmente aconteceu naquela noite, mas a versão mais aceita é que ela tenha trocado os remédios. Os jornais estavam repletos de notícias como essas, e isso sem dúvida acabou contribuindo para que um grupo mais conservador conseguisse bases para estabelecer um código de conduta para Hollywood,  o temeroso Código Hays.
A jovem Olive Thomas

Estarem bêbadas na hora do crime fez com que Edna e Mabel tivessem uma visão abalada sobre o acontecimento, fazendo com que nos depoimentos fossem contraditórias. Claro que a imprensa não perdoaria, aumentando os fatos e publicando sobre grandes orgias no apartamento de Dines. Até mesmo um pretenso romance do motorista com Mabel foi sugerido. Fato negado por ambos.

O caso viria para acabar de vez com a carreira das duas atrizes, extremamente atingidas pela opinião pública. É um fato curioso, tendo em vista que o último filme que tinha estreado naquele ano, e que trazia Edna como protagonista, teve como um dos títulos justamente esse, Opinião Pública (A Woman of Paris, Charles Chaplin). A bilheteria foi diretamente ladeira abaixo após o fato, e a atriz, antes querida pelo público das comédias, acabou se afastando definitivamente das telas. Mais tarde Edna se casaria com o piloto de aviões, John Squire, de quem ficaria viúva em 1945, falecendo em 1958.

Os filmes de Mabel também foram censurados e tirados de muitos cinemas do país. A azarada atriz morreria pouco tempo depois, quando em 1930 sucumbiu à tuberculose. Ficou muito tempo esquecida do grande público, sendo lembrada apenas como a atriz dos primeiros filmes de Chaplin, embora seu sucesso tenha vindo antes do dele. Com relação a Dines, casaria-se ainda mais duas vezes, morrendo em 1945 aos 55 anos.

Fontes:

 

Livro Contraditório Vagabundo – Joyce Milton

http://ednapurviance.blogspot.com.br/

http://flickchick1953.blogspot.com.br/2013/05/scandal-mabel-and-ednas-new-years.html

Comente Aqui!