O Lado Escritora de Marilyn

3064

Marilyn anotou em papel de carta do hotel Waldorf Astoria, em Nova York, um triste sonho: “Um eterno vazio”.

Ela cultivava desde a infância o hábito de ler e escrever poesias, todavia, jamais teve o intuito de publicá-las, visto considerar os seus versos apenas como passatempo. Mas esse material foi organizado por Bernard Coment e Stanley Buchtahl e publicado no livro “Fragmentos – Poemas, anotações íntimas e cartas de de Marilyn Monroe”. Seus textos eram mostrados apenas para amigos íntimos, e após sua morte, seus escritos foram deixados para o amigo Lee Strasberg. Após a morte deste, em 1962, o material passou para as mãos de sua esposa Anna Strasberg.

Leia abaixo alguns fragmentos e textos de Marilyn:

“Vida –
Eu sou de ambas as suas direções
De alguma forma permanecendo de cabeça para baixo
na maior parte
mas forte como uma teia de aranha no
vento – eu existo mais com a geada fria e cintilante.
Mas os meus raios borbulhantes têm as cores que
vi nas pinturas – ah vida eles
traíram você”

“Na tela da escuridão absoluta / surgem sombras de monstros /
meus inabaláveis companheiros/ E o mundo dorme/ Paz, preciso de você,
mesmo que seja um monstro pacífico”

“Ao salgueiro que chora.
Eu ficava de pé sob teus galhos
E florescente e finalmente te agarraste a mim
Quando o vento nos atingiu… na terra
E na areia te agarraste a mim.”

“Vida em momentos estranhos
Eu sigo suas duas direções
Bem ou mal fico suspensa,atraída pelo vazio
Enquanto suas duas direções me puxam.”
“Noite da noite – relaxante.
Trevas – refrescantes – o ar
Parece diferente – a noite não tem
Nem olhar nem nada – Silêncio –
Exceto para a própria noite.”

Comente Aqui!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBiografia de Anita Ekberg
Próximo artigoA história de um grande amor – Ava e Frank
Formada em Letras, Design e Especialista em Estudos cinematográficos. É sobretudo uma curiosa sobre a sétima arte. Fundadora do site Cinemaclássico, estuda cinema desde 2002. Ama Charles Chaplin, Raj Kapoor e navega constantemente em filmes de todo o mundo.