Melhores Filmes de Jack Lemmon

235

Jack Lemmon nasceu em 8 de fevereiro de 1925. Formado em Ciências Políticas pela Harvard, decidiu iniciar uma carreira nas artes somente depois de servir na segunda guerra mundial. Após sair da série televisiva That Wondersul Guy (1949), foi chamado para participar do filme Demônio de Mulher (1954). No ano seguinte, já receberia um Oscar de melhor ator coadjuvante por Mister Roberts (1955). O ator se tornou um queridinho de alguns diretores como Richard Quine (com quem fez cinco filmes), Billy Wilder (com quem trabalhou em seis produções).  Além de ator, ele também se dedicou à música, tendo gravado um disco. Jack faleceu aos 76 anos de idade após uma longa luta contra o câncer.

Confira uma relação de alguns seus melhores filmes por ordem cronológica:

Mister Roberts (1955), de Billy Wilder: O tenente Roberts (Henry Fonda) está conseguindo manter tudo sob controle no velho cargueiro militar. Dentre as pessoas que os acompanham está Frank (Jack Lemmon). Lemmon recebeu um Oscar de melhor ator coadjuvante.
Quanto Mais Quente Melhor (Some Like it Hot, 1959), de Billy Wilder: Após flagrarem um assassinato, Jerry (Lemmon) e Joe (Tony Curtis) se disfarçam de mulher e entram para um grupo musical. Lá conhecem Sugar Kane (Marilyn Monroe), uma cantora que sonha em se tornar um sucesso. O filme tem um dos melhores finais de todos os tempos.
Se Meu Apartamento Falasse (The Apartment, 1960), de Billy Wilder: Calvin é um jovem que cede seu apartamento para seus chefes receberem suas amantes. Jack recebeu uma indicação ao Oscar neste filme considerado um dos melhores de todos os tempos. Leia mais aqui.
Vício Maldito (Days of Wine and Roses, 1962), de Blake Edwards: o filme é um cruel retrato sobre um casal entregue ao alcoolismo. Lee Remick e Jack Lemmon entregam uma de suas melhores interpretações.O título original deveria ter sido mantido, algo como Dias de vinho e flores, ao invés do título nacional Vício Maldito.
Irma La Douce (1963), de Billy Wilder: Irma La Douce (1963): Irma La Douce (Shirley MacLaine) é uma das prostituta que trabalha na Rua Casanova. Nestor Patou (Jack Lemmon) é um policial honesto que passa a trabalhar na área e logo se interesa por ela. Após um tempo, se torna seu cafetão. 
Uma Loura por um Milhão (The Fortune Cookie, 1966), de Billy Wilder: Harry (Jack Lemmon) acaba sendo ferido durante a cobertura de uma partida de futebol. Sabendo disso, seu advogado Willie (Walter Matthau) o convence a fingir ter sofrido um acidente maior para receber uma grande indenização.
Um Estranho Casal (The Odd Couple, 1968), de Gene Saks: Jack Lemmon e Walter Matthau formaram uma das duplas mais queridas do cinema. Aqui repetem a dose como Felix e Oscar, dois amigos que passam a morar juntos após seus casamentos fracassarem. Mas assim como relacionamentos amorosos, algumas coisas começam a não correr bem entre os dois.
Avanti… Amantes à Italiana (Avanti, 1972), de Billy Wilder: Após saber da morte de seu pai na Itália, Wendell parte para a Europa para providenciar a remoção de seu corpo. Lá se surpreende ao saber que ele morreu nos braços de uma amante com quem se encontra religiosamente a cada ano. A história talvez tenha uma continuação após ele conhecer Pamella (Juliet Mills),a filha da amante do pai e os dois acabam se envolvendo.
A Primeira Página (The Front Page, 1974), de Billy Wilder: Hildy (Jack Lemmon é um repórter de um jornal. Cansado, decide pedir demissão para se casar. Mas seu chefe Walter (Walter Matthau) não está disposto a deixa-lo em paz.
12 Homens e uma Sentença (1997): Doze homens recebem a incumbência de julgar um crime envolvendo o assassinato de um senhor. Inicialmente o crime é tido como de fácil resolução, já que as provas e depoimentos parecem apontar para a culpa de seu filho de 18 anos. Porém, o questionamento de um dos jurados levanta questões sobre a veracidade dos fatos que parecem certos. Estariam as testemunhas tão certas do que viram? Seria absurdo que o acusado de fato falasse a verdade? Leia mais sobre o filme.

Comente Aqui!