Melhores Filmes de John Ford

567

John Ford é lembrado como um dos maiores diretores norte-americanos. Sobretudo no gênero que ele liderou, o western. Nascido em 01 de fevereiro de 1894, em 1914 passou a trabalhar em Hollywood ao lado de seu irmão Francis, que era diretor da Universal Studios. Com a experiência adquirida, passou a dirigir a partir de 1917.

Na época de sua exibição, a cena do ataque dos índios a uma diligência causa sensação na platéia. Outros clássicos de sucesso são Rio Bravo (1950) e Rastros de Ódio (1956). Dirigiu alguns dos mais importantes atores da época, como John Wayne, com quem faz seus filmes mais cultuados, Henry Fonda, Tyrone Power e James Stewart.

Seus filmes no princípio tinham poucos investimentos, mas mesmo assim se tornaram grandes clássicos do faroeste e ele influenciou vários diretores como Orson Welles. Estes são apenas alguns de seus maiores filmes:

O Delator (1935): Gypo (Victor McLaglen) é recusado quando tenta integrar o IRA (exército revolucionário irlandês). Quando seu melhor amigo se torna um fugitivo rebelde, ele o delata para receber a recompensa.
No Tempo das Diligências (1939): Uma jornada em que um grupo de nove pessoas precisa cruzar um território indígena no Arizona em carruagens.
A Mocidade de Lincoln (1939) O filme retrata a juventude de Abraham Lincolh, que iria se tornar presidente dos Estados Unidos. Com Henry Fonda.
Sangue de Heróis (1948): O Tenente-Coronel Owen Thursday (Henry Fonda), herói da Guerra Civil Norte-Americana, é enviado para o Forte-Apache, um quartel perto da fronteira mexicana. Após os apaches fugirem, Thursday vê a chance que procurava para iniciar a ação. Porém, o Capitão Kirby York (John Wayne), aposta em uma saída pacífica para a situação.
Vinhas da Ira (1940): O filho mais velho de uma família de trabalhadores rurais pobres retorna para casa, após cumprir pena por homicídio involuntário. Ele planeja levar em um pequeno caminhão a família até a Califórnia, onde se diz que trabalho lá não falta. Durante a viagem eles passam por diversos tipos de provações e quando chegam na Terra Prometida descobrem que era um lugar bem pior do que aquele que tinham deixado.
Como Era Verde o Meu Vale (1941): Aos 60 anos, Huw Morgan relembra sua vida quando garoto (Roddy McDowall) em uma pequena cidade mineradora. Suas reminiscências revelam a desintegração da unida família Morgan e de seus dedicados pais (Donald Crisp e Sara Allgood), enquanto capta os sentimentos e problemas daquele tempo.
Paixão dos Fortes (1946): Wyatt Earp (Henry Fonda) é um pacífico e respeitado criador de gado, negócio que comanda junto com os irmãos Morgan (Ward Bond), Virgil (Tim Holt) e James (Don Garner). Quando James é assassinado e sua criação roubada, Earp aceita tornar-se xerife de Tombstone para instaurar a paz na cidade, encontrar os criminosos que procura e vingar a morte do irmão.
Rio Bravo (1950): Após a Guerra Civil americana, a União vira as atenções para os Apaches. O oficial Kirby Yorke inicia o treinamento de novos recrutas no local, sendo que um deles é seu filho, que ele não encontrava havia 15 anos. Ele o manda de volta para casa, mas o garoto não aceita e decide lutar. Quando reencontra a esposa, Kirby tenta reunir a família e recriar os laços de amor e vida que já se perderam.
Depois do Vendaval (1952): Após matar acidentalmente um adversário em uma luta de boxe, Sean Thornton (John Wayne) jurou largar as lutas. E, ao retornar para sua cidade natal na Irlanda, encontra a felicidade quando se apaixona pela impetuosa Mary Kate (Maureen O´Hara). Embora fortemente tentado a vestir novamente as luvas para enfrentar o irmão de Mary, o maior briguento da cidade, ele está determinado a nunca mais usar seus punhos. 
Rastros de Ódio (1956): O veterano da Guerra Civil Ethan Edwards (John Wayne) chega ao Texas em 1868 e encontra o seu irmão e a família dele. Entretanto, no dia seguinte, comanches invadem o rancho e matam o seu irmão e Martha (Dorothy Jordan), a esposa dele. Além disso, raptam as duas filhas do casal. Ethan parte então em uma busca vingativa pelas meninas junto com o companheiro Martin (Jeffrey Hunter), um mestiço que logo percebe que Ethan está obcecado por matar os índios e cheio de ódio racista. Eles encontram o corpo da mais velha, e saem em busca da caçula, que procuram por mais 5 anos no deserto.
O Homem Que Matou o Facínora (1962): A cidade de Shinbone, no Velho Oeste, recebe a visita de Ransom Stoddard (James Stewart), senador que vai para o funeral de Tom Doniphon (John Wayne), vaqueiro do qual era muito amigo. Ao ser entrevistado por um repórter, Ransom começa a contar que sua fama começou quando ainda era um advogado recém-formado e Liberty Valance (Lee Marvin) matou um perigoso bandoleiro.

Confira também:

Os Melhores Filmes de Joseph L. Mankiewicz

Comente Aqui!