Biografia de Christopher Plummer

2935
Christopher Plummer e Rod Taylor em Nobody Runs Forever (1968)

Christopher Plummer nasceu Arthur Christopher Orme Plummer em 13 de dezembro de 1929, em Ontario, Canadá. Ele ficou marcado por seu personagem no filme “A Noviça Rebelde” (1965), onde interpretou o capitão Von Trapp ao lado de Julie Andrews. Mas o ator tem uma carreira sólida de 84 anos, e ainda em atividade. O ator nasceu em 13 de dezembro de 1929 recebeu o nome de Arthur Christopher Orme Plummer. Inicialmente Plummer queria ser pianista, mas logo sua meta de vida seria ser um ator. E assim foi.

Após várias participações em programas para a tv e series, estreou no cinema dirigido por Sidney Lumer em Quando o Espetáculo Termina (Stage Struck). Em seu segundo filme, Jornada Tétrica (Wind Across the Everglade, 1958) conseguiu um pouco mais de destaque, mas aparentemente não conseguia mais nada no cinema.

Julie Andrews e Christopher Plummer em The Sound of Music (1965)

Mas o cinema não era a única forma de expressão de um ator, e ele também se dedicou com afinco ao teatro. No final ele acabou tendo uma carreira longa nos três segmentos principais: o cinema, teatro e a tv. Nomear seus melhores filmes fica difícil justamente pela longa carreira que abrange seis décadas (e ainda na ativa). Mas vejam esses: A Queda do Império Romano ( The Fall of the Roman Empire , 1964), À Procura do destino (Inside Daisy Clover, 1965), O Homem que queria ser Rei (The Man Who Would Be King, 1975) e, principalmente A Noviça Rebelde (The Sound of Music). Já fiz algumas matérias sobre o filme que você pode conferir clicando aqui e  aqui.

Christopher Plummer em The Sound of Music (1965)

O ator casou-se três vezes: com Tammy Grimes (1956-1960). Da relação nasceu Amanda, que também se tornou atriz. Em 1962 ele se casou com Patricia Lewis, uma jornalista. A relação terminaria em 1967. Por último ele casou-se com a atriz (Elaine Taylor) em 1970. Os dois permanecem juntos.

A partir dos anos 80, Plummer continuou a brilhar no teatro mas, com algumas exceções, reduziu o trabalho no cinema a papéis secundários. Entre os mais exemplares contam-se Somewhere in Time (1980), Os Olhos da Testemunha (1982), Malcolm X (1992), Lobo (1994) e 12 Macacos (1995). O ator continua atuando, mas com o avançar da idade são-lhes dado papéis mais secundários.

Confira também:

Galeria de Fotos de Christopher Plummer

Comente Aqui!