Biografia de Liv Ullmann

571
Os Emigrantes (1971), de Jan Troell: Uma família sueca que migra para a América por volta de 1850.

Muito mais do que parceira em muitos filmes de Ingmar Bergman, Liv é uma atriz que tem em seu currículo duas indicações ao Oscar (por Os Imigrantes e Face a Face) e outros tantos prêmios recebidos. Além de ser uma ótima diretora.

Liv Johanne Ullmann nasceu em Tóquio em 16 de dezembro de 1938, enquanto seu pai trabalhava por lá. Tornou-se assim norueguesa e japonesa. Ela passou a infância mudando de país devido ao trabalho de seu pai, mas após a morte deste, ela e sua mão fixaram residência Noruega. Foi lá que Liv começou a fazer cursos de teatro.

Conhecer Ingmar Bergman, o mais conhecido diretor sueco, fez sua vida e a dele mudar. Ele a transformou em sua musa, tanto na vida quanto na arte. Ela chegou a atuar em 10 filmes do diretor, mesmo depois de terem se separado chegaram a trabalhar. Juntos também fizeram uma filha, que deram o nome de Linn Ullmann. Posteriormente se casaram com outras pessoas, mas mantiveram um relacionamento cordial. Muitos dos filmes que indicaremos abaixo são de Bergman, claro.

Na década de 70 ela voltou às raízes quando em 1975 partiu para apresentar nos Estados Unidos a peça A Doll’s House.  A atriz estreou como diretora em 1992 com o drama Sofie, que acabou ganhando o grande prêmio do Juri de Montreal. Issso a incentivou a seguir adiante. O mais recente filme dirigido por ela foi Senhorita Julie, que conta com Jessica Chastain e Colin Farrell nos papéis principais. Nota-se em sua obra uma certa influência de Bergman, mas ela tem seus próprios méritos.

Assisti ao filme recentemente e particularmente achei-o mais teatral, passando-se quase totalmente em um único ambiente e em um ritmo muito lento que poderá fazer alguns desistirem no meio do caminho. Mas ele tem uma fotografia, edição, figurinos e direção de arte impecáveis.

Você pode saber um pouco mais sobre ela no delicado documentário Liv & Ingmar – Uma História de Amor (2012). Nele, ela abre o coração e fala um pouco mais sobre sua vida, obra, pensamentos, relacionamento com Bergman e memórias de amigos que já partiram. Vale a pena conferir.

Confira também:

Melhores Filmes de Liv Ullmann

Comente Aqui!