Audrey Hepburn estaria completando 90 anos de idade!

478
March 16-17, 1988, Ethiopia --- Soon after becoming a UNICEF ambassador, Audrey Hepburn went on a mission to Ethiopia, where years of drought and civil strife had caused terrible famine. --- Image by © Derek Hudson/Sygma/Corbis

Pois é, a Audrey Hepburn nasceu em 4 de maio de 1929 em Bruxelas. Ninguém imaginava, mas aquela doce menina iria um dia ganhar o coração de todos que a rodearam: família, amigos, amores, fãs.

Muito querida, talvez seja uma das poucas unanimidades no mundo do cinema. Ícone da moda, da beleza tanto exterior quanto interior, merece todo o nosso amor.

Audrey Hepburn

Audrey sonhava em se tornar bailarina clássica, mas ao invés disso teve que lutar por sua sobrevivência. Nesse período, mais de 22 mil pessoas morreram de fome ou frio, pois os nazistas confiscavam toda a comida. Vários amigos e parentes foram mortos. Ao final da guerra, Audrey pesava por volta de 39 quilos.

A base de alimentação dela era grama, tulipas e endívia. Audrey também costumava beber bastante água para ter a impressão que a barriga estava cheia. Ao final da guerra ela tinha 39 quilos, sofria de asma, icterícia, anemia e uma forma de edema.

Audrey com a mamãe

 

Pequenos vícios, gostos e prazeres

Audrey achava que tinha pés, orelhas e nariz grandes. Ela também não conseguia engordar, achando-se feia. Mas era viciada em chocolate, sorvete e vinho. Durante a guerra, Audrey recebeu sete barras de chocolate de um soldado holandês. E isso a ajudou a sobreviver durante a ocupação alemã. Durante toda a sua vida ela iria devorar chocolates sempre que os visse. E eles estavam espalhados por toda a casa, nos quartos e salas. Audrey também amava macarrão e vinho, principalmente o escocês.

Ela começou a fumar aos 15 anos e o hábito perduraria por toda sua vida, em menor ou maior escala. Houve períodos em sua vida em que chegou a fumar três carteiras por dia. Sua marca preferia era Kent. Esse hábito foi iniciado durante a guerra, quando ela fumava para se acalmar.

Audrey Hepburn

Outro de seus prazeres era fazer suas compras e fazer suas receitas. Dentre seus famosos pratos estavam o espaguete ao molho de tomate ou pesto, torta de chocolate com creme de leite e tortinha de bata e cebola. Seu filho reuniu 65 receitas no livro dedicado a ela. A atriz servia seus pratos para sua família e amigos íntimos. Cuidar de seu jardim também era um de seus hábitos. E com certeza lhe dava muito prazer.

Audrey Hepburn

Em 1950 Audrey Hepburn começava a dar seus primeiros passos rumo ao estrelato. 

Veio uma oportunidade em um filme intitulado “Nederlands in 7 lessen”, holandês, no papel de uma aeromoça. Pouca coisa. Vieram alguns musicais no teatro e trabalhos extras. Em “One Wild Oat” ela interpretou uma recepcionista de hotel, seguido de outros papéis pequenos e (finalmente) um papel onde teria um nome!! Em Young Wives’ Tale” sua personagem chamava-se Eve Lester. Grande começo. Sua primeira protagonista não veio nas telas, e sim no teatro. Aceitou participar dos testes para Gigi, incentivada pela própria autora, Colette. Passou.

Dois anos depois ela estreava em Hollywood em A Princesa e o Plebeu. Foi ter com o estilista Hubert de Givenchy, que pensando se tratar de Katharine Hepburn, a recebeu alegremente. Decepção ao ver a delicadeza ao invés da energia de Katharine. Mas Audrey e Givenchy logo se tornariam sinônimos de elegância. Ele a vestiu em filmes como Sabrina e futuramente Bonequinha de Luxo.

Sabrina resultou em um romance para Audrey. Com William Holden. Era casado, e ela nutria sonhos de casamento e filhos. Dizem que o motivo do término foi este: ele já tinha os seus. Ela queria os dela. Enfim, nada feito.
Mel Ferrer a esperava numa festa na casa de Gregory Peck. Casaram-se. Ela seguiria sua carreira no teatro, ganhando um Tony pela peça Ondine. Ganhava no mesmo ano um Oscar e um Tony. Tornou-se ícone da moda e da elegância.

Audrey Hepburn

Audrey Hepburn recebeu um salário de 750 mil dólares para trabalhar em Bonequinha de Luxo, tornando-se o segundo maior ordenado pago a uma atriz na época, (o primeiro foi o de Elizabeth Taylor em Cleópatra. Em 1990, Audrey foi homenageada de uma forma linda: o seu nome foi atribuído a uma nova espécie de tulipa.

Esse chapéu como um acessório mega elegante

Minha Bela Dama Veio a grande polêmica de sua carreira sob o nome de Eliza Doolittle, da peça “Minha Bela Dama”. Julie Andrews estreou na Broadway, com enorme sucesso o papel da florista pobre e mal educada, mas não fora aprovada para o elenco no filme. Era desconhecida demais do público para estrelar um filme tão esperado. Audrey aceitou o desafio e fez aulas de canto. Mas sua surpresa foi enorme ao ver o filme já realizado e sua voz dublada por Marni Nixon. Ficou indignada, saiu dos estúdios triste, mas desculpou-se por sua atitude no dia seguinte. My Fair Lady teria muitas indicações ao Oscar e nenhum em referência a Audrey. O amargor seria pior, pois Julie Andrews, a rejeitada, ganharia neste mesmo ano por “Mary Poppins”.

Audrey Hepburn em Roma Holiday

“Além da Eternidade” (1989), de Steven Spielberg marcou sua despedida das telas. Sua personagem era um anjo. Relembrando fatos de sua vida, decidiu ajudar outros. Dedicou-se a UNICEF, saindo em campo para missões na Etiópia, onde visitava e cuidava das crianças que, como ela, sabiam a dor de passar fome. Fez campanhas em prol da vacinação e do abastecimento de água e comida. Viajou o mundo. Encontrou-se com vários líderes. Não se intimidava nem se negava a abraçar uma criança, estivesse ela limpa ou cheia de moscas. Fez o seu melhor papel, o de humanitária.

Dores no abdômen indicavam que algo não ia bem com a eterna bonequinha de luxo. Após exames foi diagnosticado câncer. Estava se espalhando. Uma cirurgia foi feita, depois várias sessões de quimioterapia. O tempo não estava ao seu lado. O câncer se espalhou rapidamente. Audrey faleceu em 20 de janeiro de 1993 na mansão onde morava na Suiça. E lá foi enterrada de maneira discreta. No mundo o presidente Bill Clinton tomava posse pela primeira vez. Givenchy chorava sua maior representante, e moonriver tocava suavemente nos ouvidos de quem a amava.

Confira também:

30 gifs que farão você amar Audrey Hepburn mais ainda

 

 

Comente Aqui!