Barry Norton, o ator argentino que tentou a fama até o fim de sua vida

341

De família abastada, ele participou de mais de 90 filmes, mas seu destino foi cruel.

Barry Norton nasceu em 16 de junho de 1905 na Argentina. Sua família era rica e em 1923 ele decidiu se mudar para os Estados Unidos. Até então usava seu nome natural, Alfredo Carlos Birabén. Ao chegar lá foi logo em busca de algum trabalho em Hollywood, pois sonhava em ser ator. E foi somente em 1926 que começou a conseguir pequenos papéis, alguns dos quais nem era creditado como o que fez em O Pirata Negro, protagonizado por Douglas Fairbanks.

Até aí nada demais ao se pensar que ele era um ator vindo de outro país e que buscava um espaço em um lugar já abarrotado de “talentos”. Ele também evitava estereótipos latinos, pois não desejava se tornar um novo Rodolfo Valentino ou xxxxx. Em 1928 Barry começou a interpretar papéis em filmes que tiveram sucessos comerciais como A Legião dos Condenados (1928), sempre como coadjuvante.

Conheça mais sobre Barry Norton, ator conhecido por sua participação na versão em espanhol de Drácula (1931).

Em 1930 ele conseguiu um espaço com a chegada do cinema falado. Isso porque, com a chegada do som, os estúdios ainda tentavam modos de fazer seus filmes chegarem ao maior público possível. Para isso utilizavam os mesmos cenários nas duas versões que eram gravadas simultaneamente: uma de dia, e outra de noite. A da noite geralmente era a em espanhol.

Ppossa ser que acharam ser uma boa ideia para início. Claro que hoje pensamos: não seria mais fácil fazer isso através de legendas? Mas não era bem assim que as coisas funcionavam. Precisaria estudar um pouco mais a fundo esse assunto, para saber os motivos que fizeram os estúdios preferirem fazer versões originais faladas em inglês e outra falada em espanhol. (Prometo me inteirar mais sobre o assunto e trazê-lo em uma nova matéria).

Barry, Madge Bellamy e Marie Dresser em Mother Knows Best, 1928

Seja como for, Barry, assim como muitos atores que falavam espanhol, foram solicitados para fazer versões em espanhol de filmes que eram lançados comercialmente em maior escala em Hollywood. Era uma espécie de plano B para um público mais restrito. Ele participou de filmes como El capitan Tormenta (1936), versão de  Captain Calamity (1936). Também Paramount on Parade (1930) e The Criminal Code (1931), e outras.

Porém a mais famosa foi sua participação em Drácula (1930), que na versão espanhola Carlos Villarías. Barry interpretou o personagem Juan Harker. Lupita Tovar, atriz que fez par romântico com ele neste filme, falou em uma entrevista que a versão em espanhol é considerada muitas vezes melhor do que a lançada oficialmente por alguns motivos. Dentre eles por Carlos Villarías ser melhor ator que Bela Lugosi (que decorava suas falas foneticamente já que não falava inglês). E Carlos tinha autorização de ver as filmagens do dia. Sabendo como a outra versão ia ficando, o elenco em espanhol caprichava mais ainda. Porém essa versão é pouco conhecida hoje em dia, mas foi lançada como extra do dvd de Drácula.

Só que a moda dos filmes feitos em espanhol não deu certo, obvio, e muitos atores tiveram que retornar às suas terras ou tentar outras coisas. Barry tentou aventurar-se nos filmes na língua inglesa, mas seu sotaque argentino era um obstáculo para que ele não conseguisse bons papéis. A verdade é que, apesar de acumular 209 participações em filmes até 1956, e em alguns considerados clássicos, ele jamais teve grande destaque.

Apesar de nascer em uma família rica, os altos custos de viver em Los Angeles e tentar sempre manter-se em busca de trabalho no cinema fez com que ele chegasse à miséria. O ator que esteve ligado a belas mulheres como Myrna Loy e Alice Terry terminou seus dias na extrema pobreza, ao lado de sua esposa, Josephine Byers. O homem de 1:80m e com um belo rosto, faleceu aos 51 anos.

Sua condição era tão extrema que antigos colegas de trabalho fizeram uma cotinha para pagar o funeral e sua cremação.

Fontes: IMDB, Bluray Dracula (Universal Pictures), findagrave, prabook

Comente Aqui!