10 Fatos sobre Bela Lugosi

4921

Bela Lugosi ganhou fama interpretando o famoso vampiro em Drácula (1931), e se especializou em filmes de terror. Falecido em 1956 continua vivo nas memórias daqueles que o admiram. Separamos alguns fatos sobre sua vida e carreira

1. Lugosi fez sua estréia nos palcos quando ainda era adolescente em 1900, em sua terra natal, na Áustria-Hungria. Ele fazia de tudo, de obras de Shakespeare a Jesus Cristo e faria parte do Teatro Nacional da Hungria. Em 1917 ele fez seu primeiro filme, Nászdal, ainda com seu nome verdadeiro, AZ Ezredes e apareceu em vários filmes ao longo de dois anos. om o fim da Guerra, Lugosi foi obrigado a partir para Nova Orleans por motivos políticos ( o partido que vencera a guerra era oposição ao dele).

Lugosi em um de seus primeiros filmes
2. Seu primeiro e último papel no cinema foram sem falas. Conforme dissemos, a estréia de Lugosi no cinema foi em 1917, no filme Nászdal. Mas a sua despedida nos filmes também foi num filme em que ele não falava e que não chegou a terminar: Plan 9 from Outer Space (1959), de Ed Wood. Isso foi sem dúvida irônico já que ele tinha uma das vozes mais marcantes do cinema.
Plan 9 from Outer Space (1959)
3. O público americano viu Bela Lugosi pela primeira vez como um agente inimigo no suspense The Silent Command (1923). O ator  chegou aos Estados Unidos em 1920 e trabalhou na Broadway. Foi lá que ele interpretou pela primeira vez o papel de Drácula. Ainda incapaz de falar inglês, Bela aprendeu suas falas foneticamente e posteriormente usou a mesma técnica para a versão cinematográfica em 1931.
The Silent Command (1923)
4. Seu nome era um tributo à sua terra natal. Nascido Bela Ferenc Dezsö Blasko em 20 de outubro de 1882 na cidade de Lugos, Áustria-Hungria, o ator iria utilizar um nome artístico, como uma lembrança permanente à sua terra natal e local de nascimento.
The Silent Command (1923)
5. Ele serviu de dublê para referências do demônio Chernabog na sequência da animação Fantasia (1940). Mais tarde o artista Bill Tytla diria que a filmagem de Lugosi não foi considerada boa e que eles acabaram utilizando outra pessoa como modelo. Só que olhando o monstro com asas de morcego na tela, percebemos que Bela definitivamente teve alguma influência no produto final.
O demônio Chernabog do filme Fantasia (1940)

6. Em 1997, o Serviço Postal dos Estados Unidos lançou uma série de cinco monstro clássicos em selos postais. Os outros astros homenageados foram Lon Chaney (O Fantasma da Ópera), Lon Chaney Jr. (The Wolf Man), e Boris Karloff (Frankenstein e A Múmia). Lugosi apareceu caracterizado como o eterno Drácula.


7. Ele nunca recebeu uma indicação ao Oscar. Ele arrancou elogios com sua atuação em Drácula (1931) e Os Assassinos da Rua Morgue (1932), O Corvo (1935) e o O Filho de Frankenstein (1939), dentre outros filmes. Sua carreira mais tarde foi marcada pelo trabalho em filmes B. Infelizmente esse tipo de trabalho raramente é notado pela Academia.


8. No entanto, outro ator ganhou um Oscar por interpretar ele. O ator Martin Landau recebeu o Oscar de Melhor ator Coadjuvante por interpretá-lo na cinebiografia Ed Wood (1994), de Tim Burton. No entando o desempenho do ator não foi uma unanimidade. Membros da família de Lugosi disseram que o personagem nada tinha a ver com o verdadeiro, que não falava palavrões (como se vê no filme) e o relacionamento dele com Boris Karloff não hostil como foi representado.

Na verdade Lugosi e Karloff não eram melhores amigos mas sempre foram cordiais um com o outro, chegando a fazer oito filmes juntos.

Bela e Boris
9. Ele interpretou o personagem Drácula em dois filmes. A primeira vez que interpretou Drácula foi no teatro. No cinema estrelou Drácula do diretor Tod Browning em 1931. A primeira escolha seria o ator Lon Chaney, que morreu repentinamente no ano anterior. 17 anos mais tarde ele vestiria a capa mais uma vez em Abbott e Costello às Voltas com Fantasmas (1948), tendo como co-estrelas Lon Chaney, Jr. (como o lobo do homem) e Glenn Strange (como o monstro de Frankenstein).
Abbott e Costello às Voltas com Fantasmas (1948)
10. Ele foi enterrado com as vestes do vampiro. Bela morreu em agosto de 1956 e seu filho disse que ele e sua mãe decidiram prestar essa homenagem. O funeral foi pago anonimamente por Frank Sinatra e teve convidados notáveis como os colegas Vincent Price e Peter Lorre. Há uma famosa história que diz que Peter Lorre ao observar o corpo do amigo vestido de Drácula, perguntou quando iriam colocar a estaca em seu coração. Não se sabe se é história ou lenda.
Funeral de Bela Lugosi

Comente Aqui!