Os Melhores Filmes de Sidney Poitier

4394

Confira nossa lista de filmes mais marcantes de Sidney Poitier:

Acorrentados (The Defiant Ones, 1958): Dois fugitivos da cadeia, um branco e um negro, acorrentados um ao outro, têm de aprender a conviver e se dar bem para ter sucesso na escapada. Quando se livram das correntes, a hostilidade inicial se transformou em amizade e respeito.
Porgy e Bess (1959): Passada em uma vila de pescadores negros na Carolina do Sul em 1912, a história é sobre Bess, que quer se livrar de seu amante Crown após ele ser perseguido por assassinato. O único disposto a oferecer a ela abrigo é o aleijado Porgy. O relacionamento entre os dois é ameaçado pela desaprovação da comunidade local.
O Sol Tornará a Brilhar (1961): Walter é um jovem em luta com sua condição na vida. Vivendo num cubículo com a esposa, o filho, a irmã e a mãe, sente-se um prisioneiro até que um golpe de sorte financeiro acontece inesperadamente.
Tormentos d’Alma (1962): Frustrado por não conseguir ajudar um paciente afro-americano que odeia brancos, psiquiatra pede a seu superior para ser desligado do caso. O superior, então, conta a ele que, durante a Segunda Guerra, teve de tratar um nazista que odiava negros.
Uma Voz nas Sombras (1963): Um trabalhador de construção desempregado se dirige para o oeste, pára numa remota fazenda no meio do deserto quando seu carro, sem água, aquece demais. A fazenda é tocada por freiras do leste europeu, comandadas por uma Madre Superiora que passa a acreditar que ele foi enviado por Deus para construir uma igreja no deserto.
Uma Vida em Suspense (1965): Alan é um estudante de psicologia em Seattle e é voluntário em uma linha direta para suicidas. Quando Inge Dyson liga dizendo que tomou uma quantidade enorme de soníferos, ele tenta ganhar tempo para que a polícia consiga achá-la e salvá-la.
Quando Só o Coração Vê (1965): Homem negro e experiente passeia pelo parque quando encontra uma jovem linda, branca e cega. Eles ficam amigos e passam a se encontrar todos os dias. Aos poucos eles vão se tornando cada vez mais íntimos, mas a mãe da moça está convencida de que qualquer homem se interessaria pela filha apenas por sexo.
No Calor da Noite (1967): Um detetive negro tem que enfrentar o preconceito racial do xerife e de toda uma pequena cidade do Mississippi, durante a investigação do assassinato de um morador importante.
Adivinhe Quem Vem para Jantar (1967): Um casal de liberais tem seus princípios e atitudes postos à prova quando recebem para jantar pela primeira vez o noivo negro de sua filha.
Ao Mestre com Carinho (1967): Mark Thackeray é um engenheiro desempregado que resolve dar aulas no bairro operário de East End, em Londres. A turma de alunos indisciplinados é liderada por Denham, Pamela e Barbara, e fará de tudo para que Mark desista da sua missão, como fez com seus predecessores.

Confira também:

Sidney Poitier, o ator Maior que o Preconceito

Comente Aqui!