Biografia de Margaret Hamilton

1275

Nascida Margaret Brainard Hamilton em 9 dezembro de 1902 em Cleveland. Ela iniciou a carreira como professora. Em 1923 partiu para o teatro, ainda em Cleveland. Sua estreia nos palcos foi neste mesmo ano, embora seus pais não a apoiassem. Eles não concordavam que a filha se tornasse atriz. Por não ter um padrão estereótipo americano, acabou sendo escalada para vários papéis de senhoras solteiras e amargurada e com um toque de despeito com outras pessoas.

Ela fez uma série de participações em filme como Infâmia (1936) e As Aventuras de Tom Sawyer (1938). Juro que vi esses três citados e infelizmente não lembro de tê-la visto. E ela fez uma porção de filmes como coadjuvante.

A atriz trabalhava como freelancer (um termo que naquele tempo não era conhecido mas que quer dizer que é uma pessoa que trabalha por conta própria). E ela trabalhava muito para sustentar sua única filha, fruto do casamento com Paul Meserve. Os casal permaneceu juntos de 1931 a 1938 e ela não voltou a se casar.

Em 1939 a atriz teve a sorte em suas mãos, quando foi chamada para fazer um teste já que Gale Sondergaard se negou a aparecer feia em O Mágico de Oz. Mas é aquela coisa: Gale vivia o sistema de estúdios, que pedia atrizes glamourosas e não estava em condições de aceitar.

Quando estava trabalhando em O Mágico De Oz sofreu um grande acidente quando a tinta que usava queimou seu rosto, mãos e pés. Foi justamente na cena em que ela aparece pela primeira vez com Dorothy. Apesar de tudo ela era muito profissional e após ser medicada, o tipo de tintura que incendiava-se ao toque de fogo foi trocado. Além disso tinha o financeiro,e ela não podia se dar o luxo de recusar tal papel. E fez um imenso, tanto que ela é a mais lembrada bruxa do filme.

Mas quando ela pensou que teria sua grande chance, nada mais dava certo. Ela começou a fazer pequenas participações em filmes até por volta de 1950. Segundo Margaret, ela tinha medo de que as pessoas começassem a pensar que ela era um monstro e deixasse as crianças com medo. Ela deu inúmeras entrevistas e visitou várias homenagens ao mais famoso filme.

Uma mulher nobre, trabalhou em várias causas sociais pelas crianças e animais. Margaret terminou a vida retornando à sua primeira profissão: professora. A atriz trabalhou no Board of Education.

Margaret tinha alzheimer e morreu de um ataque cardíaco enquanto dormia. Tinha 82 anos.

Confira também:

Relembrando Ray Bolger, o eterno Espantalho de O Mágico de Oz

Comente Aqui!