Conheça mais um pouco da carreira de Bibi Andersson

1914
Bibi Andersson

 

Berit Elisabeth Andersson nasceu em Estocolmo em 11 de novembro de 1935. Sua família não tinha ligações com as artes, seu pai era comerciante e sua mãe assistente social. Após terminar seus estudos, Bibi entrou para o Royal Dramatic Theatre, local frequentado por Greta Garbo, Ingrid Bergman e Max Von Sydow.

Aos 18 anos ela foi chamada por Ingmar Bergman para participar de um comercial de sabão. Sim, o famoso diretor chegou a fazer alguns comerciais antes de alcançar fama internacional. Confira o comercial:

E assim começava uma parceria duradoura. Bibi estreou no cinema em 1951, mas só começou a ser creditada alguns anos depois, em Dum-Bom (1953). A atriz atuou em 15 produções de Ingmar Bergman entre 1958 e 1973. Dentre os filmes de maior sucesso estão: O Sétimo Selo (1957), Morangos Silvestres (1957) e A Paixão de Ana (1969).

Bibi Andersson, Liv Ullmann e Ingmar Bergman nos sets de PERSONA , 1966

Mas sua carreira não se resumia apenas a Bergman. Bibi trabalhou ao lado de diretores como Vilgot Sjöman, John Huston e Robert Atman, recebendo nomeações por suas participações em Syskonbädd 1782 (1966), de Vilgot Sjöman e foi premiada pelas atuações em o Limiar da Vida (1958) e A Amante Sueca (1962). Vale lembrar que foram ao todo mais de 90 participações em filmes, telefilmes e séries.

Mas de fato não há como negar que foi por causa da influência de sua atuação em Persona que ela passou a ser mais reconhecida e começou a receber mais convites de trabalho. Paralelo às telas, Bibi desenvolveu uma carreira tímida nos teatros, atuando em algumas peças e chegando a dirigir espetáculos na década de 90. Com a chegada dos novos tempos, a atriz passou também a atuar na TV, em séries e telefilmes.

A atriz teve um relacionamento com Gösta Terserus quando ele tinha por volta de 48 anos e ela 17. Segundo dados do IMDB o relacionamento teria acabado após um aborto. Não há maiores detalhes sobre o assunto, talvez na autobiografia lançada pela atriz em 1996: Ett ögonblick (tradução livre: Um Momento).

Bibi e Liv em Persona

Ela casou-se três vezes: com Kjell Grede (1960 – 1973) , Per Ahlmark (1979 – 1981) e Gabriel Mora Baeza, com quem permanece casada até hoje. Com Kjell ela teve sua única filha, Jenny.

Sua vida particular era muito discreta. Pouco temos informações, a não ser que em 2009 a atriz infelizmente sofreu um AVC e passou um bom tempo sem falar ou andar.

Bibi morreu aos 83 anos de idade em 14 de abril de 2019. A atriz ficou conhecida por atuar em vários filmes de Ingmar Bergman, dentre eles O Sétimo Selo e Quando Duas Mulheres Pecam.

A informação veio de sua amiga, a artista Chistina Olofson. Bibi havia sofrido um derrame cerebral em 2009 e estava internada desde o fato.

Comente Aqui!