A Vida e os Amores de Clark Gable

6303

Clark Gable era conhecido como o Rei de Hollywood. Seu charme era sua marca registrada em filmes como Aconteceu Naquela Noite (1934) e E o Vento Levou (1939).

Mas não foi sempre assim. Em seu primeiro teste para o teatro, um diretor chegou a dizer a seu respeito:

Ele não tem nada, absolutamente nada a oferecer ao teatro. Tem dificuldades até para entrar e sair do palco”. 

Mas uma pessoa acreditou em sua potencialidade, Josephine Dillon, sete anos mais velha que ele e que moldou o astro, dando-lhe aulas, melhorando sua aparência, ensinando-lhe macetes. Gable casou-se com ela.

Josephine e Gable

Há boatos de que William Haines teria ajudado ele a conseguir seus primeiros contatos no cinema. Com o sucesso, veio o divórcio e novo casamento, dessa vez com a milionária Ria Langham, 17 anos mais velha. Os dois casaram-se em segredo em 1930 e ela também o ajudou a subir na carreira.

Clark Gable com a segunda esposa Maria “Ria” Franklin

Por volta de 1935 ele se envolveu com a atriz Loretta Young. A atriz engravidou, e desesperada, se isolou até o nascimento da garotinha que chamou de Judy. Pouco tempo depois, a adotou. Judy só saberia quem era seu pai verdadeiro aos 15 anos de idade.

Mas uma das mulheres mais marcantes entraria em sua vida através do filme Dance, Fools, Dance. Joan Crawford e Clark Gable começaram um tórrido romance, que segundo Joan, duraria por toda a sua vida. Os estúdios constantemente tinham que botar panos quentes e evitaram inclusive que eles contracenassem juntos durante algum tempo.

Clark e Joan

Fidelidade nunca foi o forte de Gable, que enquanto estava casado com Ria, conheceu Carole Lombard. Os dois logo assumiram o romance e logo veio o casamento e ele adorava o jeito espontâneo dela, seus palavrões e liberdade. Os dois ficariam juntos até a morte dela, em um acidente aéreo, em 1942. Reza a lenda que ele recebeu a notícia que o avião caiu enquanto estava nos braços de Joan Crawford. E saiu em desespero em busca dos destroços do avião.

Clark e Carole

Após um período de depressão, em que inclusive se alistou para ir à guerra, mesmo estando fora da idade permitida, conheceu e casou-se com sua quarta esposa Sylvia Ashley, viúva de Douglas Fairbanks.

Sylvia no dia das bodas com Gable

Kay Williams seria sua última esposa, com quem casou-se em 1957. Ela estava grávida quando ele veio a falecer, vítima de um ataque cardíaco em 1960. O filho de ambos nasceu alguns meses após a morte do pai.

Kay com o pequeno John Gable

Outros romances do ator, que teria certa vez apontado para a parede da MGM e dito que teria tido todas aquelas mulheres em sua cama, incluem: Paulette Goddard, Lana Turner e Grace Kelly.

Confira também:

Clark Gable e Paulette Goddard: O casal atômico de Hollywood

Comente Aqui!