5 Curiosidades sobre Jerry Lewis que talvez você não saiba!

13024

Hoje completa-se 2 anos da morte de Jerry Lewis. Nossa, como o tempo passa rápido. Parece que foi ontem que recebi essa mensagem e me calei. Isso porque ele me acompanhou desde minha infância. E tenho certeza que muitos de vocês que acompanham o site também passaram muitas tardes deliciosas vendo seus filmes.

Há um tempo atrás, fiz uma reflexão a respeito de sua vida pessoal, que em muito se diferencia de sua vida como artista. Caso você tenha interesse, pode clicar AQUI na matéria e chegar às suas próprias conclusões. Mas nesse momento venho falar de algumas curiosidades que talvez você não saiba.  Vamos alá?

1. Ele foi professor em uma Universidade

O ator foi professor de cinema na Universidade da Califórnia a partir de 1967. Dentre seus alunos mais conhecidos estavam George Lucas e esporadicamente Steven Spielberg. Suas aulas incluíam toda a parte de pré e pós-produção, passando por roteirização e direção. Em 1971 ele lançou um livro que resumia suas 480 horas de aulas. Quem não queria um professor desses? Achei um trechinho de uma de suas aulas:

2. Jerry foi um dos fundadores do Telethon

Jerry Lewis fez seu primeiro show em benefício das Associações de Distrofia Muscular da América em 1952, após um apelo de um membro da equipe que trabalhou com ele no The Colgate Comedy.

Em 1966 o ator criou a Jerry Lewis MDAA Telethon Labor Day, uma maratona televisiva que era realizada no dia do trabalho dos Estados Unidos. Todo o dinheiro arrecadado foi para a Associação de Distrofia Muscular (MDAA).

Jerry iria sediar vários shows beneficentes em Nova York, ao lado de Dean Martin, promovendo a luta contra a distrofia muscular e o sucesso desses shows convenceram o ator de que uma maratona iria arrecadar mais fundos. Ano a ano a transmissão foi aumentando até alcançar todo o país e em 1973 já eram 150 estações retransmitindo o programa com doações ultrapassando 10 milhões de dólares.

Ele terminava as apresentações com a frase “Você nunca andará sozinho”. Ele ficou à frente da maratona até 2009. Leia mais sobre isso nesta matéria especial que fiz.

3. Ele foi o primeiro cineasta a usar um Assistente de Vídeo

Jerry achava complicado dirigir e ao mesmo tempo atuar. Isso porque ele não tinha uma total visão do que estava acontecendo à sua frente. A solução foi criar uma tela que ficava virada para ele e mostrava a cena enquanto ele estava nela. Hoje o dispositivo criado enquanto ele filmava The Bellboy (1960) é usado por todos.

4. Jerry participou dos Simpsons!

O professor John Frink de Os Simpsons foi inspirado no Professor Aloprado (1963). E Jerry chegou a dublar algumas vezes o personagem, como nesse trecho abaixo:

 

5. Jerry era simplesmente apaixonado pela música Rock-a-Bye Your Baby

Ele sempre amou essa música, até que em 1956 ele teve que substituir às pressas sua amiga Judy Garland. A atriz, que passava por problemas, não pode se apresentar e Jerry cantou várias de suas canções. Dentre elas, Rock-a-Bye. Seu desempenho foi tão marcante junto ao público que ele passou a usa-la como sua música tema e gravou um disco. Ele fez até um filme com esse título, lembra?

Confira ele cantando a música abaixo:

Gostou? Compartilhe a matéria com seus amigos!

Comente Aqui!