Joan Bennett e a a curiosa vingança de seu marido

3537

Cada um tem seu próprio modo de lidar com a traição de seu conjugue. Walter Wanger teve a sua própria. Sabendo que sua esposa Joan Bennett, com quem casara em 1940, estava tendo um romance com o agente Jennings Lang, certo dia decidiu seguir sua esposa até o apartamento onde os dois se encontravam.

Joan Bennett e Walter Wanger em 1948 (Photo by © Hulton-Deutsch Collection/CORBIS/Corbis via Getty Images)

O ano era 1951 e ele não estava disposto a matar a esposa ou o amante. Mas, conhecido por seu gênio forte, Wanger iria se vingar do casal de amantes. Para tanto, esperou pacientemente que os dois saíssem do apartamento e deu dois tiros nas partes íntimas de Jenning. Acertou, contudo,  a coxa esquerda e a virilha.

Joan Bennett

Preso, Walter acabou condenado por tal ato, cumprindo a pena de quaro meses após alegar insanidade temporária. Apesar do que possam pensar, ele e Joan tiveram um casamento duradouro de 25 anos, tendo dois filhos e se separando apenas em 1965.

Em tempo: Apesar de tudo, Joan e Walter continuaram juntos até 1965, apesar do escândalo. E tiveram 2 filhos juntos. Ficaram casados por 25 anos. Em 1978 ela viria a se casar novamente, com David Wilde, crítico de cinema, com quem viveu até sua morte, em 1990.

O produtor Jennings Lang casou-se em 1956 com a atriz Monica Lewis e teve com ela três filhos.

Monica Lewis & Jennings Lang

Fonte: Hollywood Nua e Crua – Dulce Damasceno de Brito

Comente Aqui!