Conhecendo melhor Gigi Perreau, de atriz mirim à Broadway

1574

Estava vendo Sinfonia Prateada dia desses e me chamou a atenção a filha mais jovem do casal principal. Aquela menininha além de ser muito simpática, demonstrava ser uma boa atriz. Vim pesquisar um pouco mais sobre ela. Gigi Perreau estreou por acaso em um filme com Greer Garson.

Nascida Ghislaine Elizabeth Marie Perreau-Saussine, seus pais a apelidaram de Gigi. Ela veio parar no ramo por acaso, porque estava no lugar certo e na hora exata. Seu irmão estava fazendo testes para participar de Madame Curie (1943), e sua mãe levou a pequena Gigi junto. Chegando lá, os produtores gostaram da bebezinha e a colocaram como a filha de Greer Garson. Ela nem foi creditada, mas era o princípio de tudo.

Lana Turner, Richard Hart, e Gigi Perreau em Green Dolphin Street (1947)

Ela passou a interpretar uma série de filmes onde era a filha da família. Alguns importantes como Vaidosa (Mr. Skeffington, 1944) ao lado de Bette Davis e Claude Rains, O Segredo da Boneca (Shadow on the Wall, 1950). Ela também estava em Perdida de Amor (Never a Dull Moment, 1950), filme que trazia Irene Dunne e Fref MacMurray como astros principais. O Homem do Terno Cinzento (The Man in the Gray Flannel Suit, 1956) também foi um trabalho importante. Além, claro, do Sinfonia Prateada, que já citei aqui e até fiz uma matéria sobre.

Como quase todos os atores mirins, ela foi perdendo espaço quando foi crescendo. Se não houver uma estrutura familiar por trás disso tudo, penso que seja algo tão prejudicial perceber que o mundo de conta de fadas se foi…

Gigi Perreau e Mark Stevens em Reunion in Reno (1951)

Mas a década de 50 salvou ela e muitos artistas com a chegada da tv e as oportunidades que ela trazia para antigos e novos astros. Gigi participou de vários programas e séries, dentre eles The Donna Reed Show, The Betty Hutton Show e Stagecoach West , dentre outros. Os trabalhos continuaram ao longo da década de 60 e 70. Ela também se voltou à dublagem de animações como Os Mosconautas no Mundo da Lua (2008) e As Aventuras de Sammy (2010). Gigi também trabalhou no teatro durante todo esse período.

Gigi Perreau em “Heller” – Episodio 22, 1960

E você pensa que ela parou de trabalhar? Não. A atriz de 77 anos continua na ativa, tanto fazendo participações em séries de tv quanto ensinando teatro, sendo membro do conselho de administração da Fundação Donna Reed.

Mas ela não foi a única da família a fazer sucesso. Seu irmão Peter Miles e as irmãs Janine e Lauren Perreau também se tornaram atores, mas sem grande destaque, abandonando a carreira com a chegada da adolescência. Peter ainda seguiu no teatro.

Gigi casou-se aos 19 anos com Emil Frank gallo, e com ele teve dois filhos. O casamento realizado em 1960 terminou sete anos depois. Ela voltaria a se casar em 1970, com Gene Harve, mas o casório também terminou em divórcio em 2000.

Em 1960 Gigi ganhou uma estrela na Calçada da Fama por sua contribuição aos trabalhos televisivos.

Pat Crowley e Gigi Perreau em um evento em 2007

Comente Aqui!