Pai de John Kennedy vivia às custas de Gloria Swanson

2519

John F. Kennedy não foi o primeiro da família a ter como amante várias estrelas de cinema. Seu pai, Joseph Kennedy, um conhecido contrabandista de bebidas, vivia às custas da atriz Gloria Swanson.

Joseph Kennedy iniciou um romance com Gloria Swanson. Vendo o quanto à atriz ganhava — muito mais do que viver do contrabando — convenceu-a a deixar-lhe criar uma produtora — a Gloria Swanson Productions Inc. — do qual, ele seria o chefão e cuidaria de todo o dinheiro.

Resultado: Swanson fazia um filme atrás do outro e enchia o bolso do picareta — que casado, jurava amá-la e que logo: “largaria a oficial”. Os anos passaram até que o cinema sonoro veio. Kennedy que aproveitara-se para ficar bem de vida, deu um pontapé no traseiro de Swanson que começara a perder o interesse do grande público. Devolveu a produtora falida.

Gloria Swanson em Tonight or Never (1931)

Gloria descobrira que fora enganada, e que, todos os brilhantes, casacos de vison, chapéus que ganhara de “presente” — sempre com um bilhetinho escrito “com amor” —, tinham saído do seu bolso! Ergueu os braços e foi atrás da sua carreira. Hoje, Crepúsculo dos Deuses, filme que protagonizou — eleito foi por duas vezes pela Academia como um dos cem melhores filmes de todos os tempos, e incluso está na lista dos filmes que você precisa ver antes de morrer.

Por Ricardo Steill

Comente Aqui!