Plano 9 do Espaço Sideral: O Pior Filme do Mundo!

968

“Uma dupla de alienígenas que estava irritada com as “estúpidas mentes” do planeta Terra faz sua base em um cemitério da Califórnia, pois planejavam através do “Plano 9”, que se refere a um eletrodo de longa distância que é colocado nas glândulas pineal e pituitária dos mortos, criar um exército de zumbis que marchassem para conquistar as capitais do mundo. O fato de ressuscitarem só três mortos não os desencoraja. Jeff Trent (Gregory Walcott), um piloto de uma linha aérea que vive perto do cemitério precisa salvar Paula (Mona McKinnon), sua mulher, destes seres.”

 Em muitas listas, Plano 9 do Espaço Sideral é considerado o pior filme do mundo. Filmado em poucos dias, a obra-prima de Ed Wood traz no elenco Bela Lugosi, repetindo o papel que o consagrara em 1931 e a estrela em decadência Vampira, personagem de Maila Nurmi. A atriz acabou ficando conhecida tanto pelo filme de Wood quanto pelo pretenso fora que levara de James Dean anos antes.

Carregar o peso de ser considerado o pior filme de todos os tempos deu, no entanto o caráter de cult à obra de Wood, que considerava este o seu “Cidadão Kane”. Pena que o diretor não veria o sucesso que faria após sua morte, chegando a servir de inspiração para o filme “Ed Wood”, lançado por Tim Burton, um grande admirador seu.

 Na verdade, o pior filme do mundo o é por ser inteiramente despretensioso. Ele carrega o charme inicialmente de ser um terror financiado por uma igreja batista. O pastor local chegou até mesmo a dar palpites sobre o roteiro. Os problemas ocorreram desde o início, o que era de se esperar em uma obra cujo financiamento era o mínimo possível. Bela Lugosi chegou a realizar algumas cenas, sem roteiro definido. Wood apenas pedira para ele andar em um cemitério. O ator acabou morrendo durante as filmagens e sendo substituído por Tom Mason, um amigo de Wood.

Para não ficar muito à vista que o ator havia sido substituído, Wood decidiu que Mason usaria sua capa cobrindo o rosto, e uma peruca:


Os personagens são bem caricatos, desde Vampira (que fazia sua maquiagem em casa e ia de ônibus para as filmagens) passando por Tor Johnson – um ex-lutador que tentava a vida como ator e que interpreta o inspetor Clay – até o canastrão Gregory Walcott como um piloto. O figurino, igualmente, é mal cuidado e algumas cenas realizadas pelo cineasta anteriormente também foram utilizados na edição final.

Os cenários foram feitos com papelão e em algumas cenas é possível ver o vento balançando-os. Calotas de automóveis, panelas de pizza e placas de papel foram utilizados para compor os discos voadores que eram seguros por barbante:
Uma pena saber que Wood não usufruiria de sua fama de pior diretor de todos os tempos. Ele com certeza riria de sua fama. Sua obra-prima não receberia os créditos em vida – na verdade ele chegou até a ter prejuízos com o filme que foi retido pela igreja, mas após sua morte muitos fãs surgiram. Wood, após o fracasso como diretor cairia em desgraça, chegou a a dirigir pornôs sob o pseudônimo de Akdov Telmig, falecendo em 1978 após anos de alcoolismo e miséria.

Comente Aqui!