Trilogia Guerra e Humanidade traz o Melhor do Cinema Japonês

804

A Obras Primas do Cinema é uma distribuidora brasileira que está trazendo sempre bons filmes com qualidade e primando sempre pelo bom gosto do material. Recebemos a Trilogia Guerra e Humanidade e pudemos conferir um pouco a qualidade tanto gráfica quanto do filmes, que surgem numa versão remasterizada:

Obra-prima do diretor Masaki Kobayashi é um dos maiores épicos do cinema japonês, lançado em três partes, num total de quase 10 horas. Adaptação do romance de Junpei Gomikawa, narra a viagem de Kaji (Tatsuya Nakadai), um homem pacifista e socialista, no opressivo mundo da Segunda Guerra Mundial. Esse é um dos maiores longa metragens de todos os tempos.

Não Há Amor Maior (Nigen No Jôken, 1959)O filme inicia-se com o casamento de Kaji com sua namorada Michiko (Michiyo Aratama), apesar de temer o futuro. O casal se muda para Machúria. Kaji é bem intencionado mas ingênuo, e passa a ser o supervisor de um campo de prisioneiros na Manchúria. Ele tenta superar o sistema corrupto, tentando conciliar seus ideais humanistas com a realidade brutal do trabalho forçado em um sistema imperial. mas encontra resistência de seus superiores, que se irritam com seu caráter pacificador.

Estrada Para a Eternidade (Nigen No Jôken, 1959)No segundo filme, Kaji, tendo perdido a isenção do serviço militar, devido à proteção que dava aos prisioneiros, recebe uma punição, sendo recrutado para o exército Kwantung. Sob suspeitas de que é de esquerda, recebe as funções mais difíceis de sua classe, apesar de ter uma excelente pontaria. Kaji considera fugir do local e resolve fazer um protesto contra as cruéis condições.

 

Uma Prece de Soldado (Nigen No Jôken, 1961)O último filme da trilogia. As forças japonesas foram destruídas e Kaju e alguns camaradas tentam evitar a captura pelas forças soviéticas e encontrar vestígios do exército Kwantung. Adoentado, Kaju decide abandonar qualquer pretensão de reunir o exército. Ele tenta levar os companheiros e refugiados para fora da zona da guerra. Capturado pelo exército soviético, é levado para uma prisão na Sibéria, onde acaba sendo acusado de assassinato.

O box lançado pela Obras Primas do Cinema traz ainda entrevistas com o diretor Masaki Kobayashi, Masahiro Shinoda e com Tatsuya Nakadai.

Onde encontrar  a Trilogia Guerra e Humanidade:

LIVRARIA CULTURA

LIVRARIA DA FOLHA

Comente Aqui!