Ladrão de Alcova (Trouble in Paradise, 1932)

310

O filme traz a história de Gaston Monescu, um elegante ladrão que acaba se apaixonando por uma de suas vítimas, a milionária Mariette Colet. Confira!

Gaston Monescu (Herbert Marshall) é um mestre no que faz: é um homem elegante, fino, sempre se vestindo em consonância com a última moda e extremamente educado. Toda essa capa é necessária para a “profissão” que ele tem. Gaston é um ladrão de luxo, roubando sempre dos ricos e fazendo sua própria fortuna.

Em uma de suas andanças, o ladrão gentleman conhece a doce Lily (Miriam Hopkins), uma mulher igualmente fina, elegante e ladra como ele. Sua alma gêmea! Os dois decidem viver a vida perigosamente, sempre viajando em busca de novas vítimas para seus golpes.

Herbert Marshall, Kay Francis e Miriam Hopkins

Pode parecer estranho, mas eles formam um carismático casal. Em um de seus empreendimentos, porém, algo dá errado. Gaston rouba a bolsa caríssima da milionária Mariette Colet (Kay Francis). Rica, Mariette vive de festa em festa, sendo bajulada por empregados e tendo vários homens que desejam desposá-la. Não tem, portanto, amigos. Mas nem de longe ela é uma figura triste, muito pelo contrário. Aproveita tudo o que a bajulação pode lhe trazer.

Desesperada atrás de sua bolsa, Mariette coloca um anúncio que atrai dezenas de pessoas que querem lhe dar o golpe. Fazendo as contas, Gaston chega à conclusão que pode ganhar mais devolvendo a bolsa e pegando a grana do que vendendo-a. Sendo assim, vai ao seu encontro e acaba se apaixonando por Mariette. E agora?

Já falei aqui que Mariette é tudo menos boba, e sabendo de seu poder, tentará conquistar Gaston, que se torna seu secretário… e amante. Inicialmente o homem deseja apenas juntar uma graninha para partir para Veneza com Lily, mas a paixão não estava em seus planos. Quem não gosta é sua esposa, que teme perder o amado para uma mulher tão inteligente quanto ela.

Não gostaria de dar maiores detalhes sobre o desenrolar da trama porque gostaria muito que você visse. Mas há algumas questões que gostaria de colocar aqui.

Ladrão de Alcova foi lançado em 1932, portanto, antes do código de censura. Então espere abrir e fechar de portas onde Lily se une com Gaston sem o matrimônio ou o mesmo homem vai para a cama de Mariette poucos dias depois de conhecê-la. Prepare-se também para pequenas gags, forte conotação sexual e frases de duplo sentido. Por causa disso, Ladrão de Alcova, junto com uma centena de filmes, foi proibido a partir de 1935 (quando a censura entrou em ação) e só liberado no final da década de 50 quando foi finalmente exibido na tv.

Leia mais sobre a censura aqui nesse meu texto. 

A única coisa que me parece impossível neste filme é não se apaixonar pelos personagens, seja o trio central ou os coadjuvantes, através dos hoje desconhecidos Edward Everett Horton e Charles Ruggles, que interpretam os pretendentes da milionária. Chamam a atenção também os figurinos que foram desenhados por Travis Banton. É mesmo um deleite ver o desfile de roupas da Kay Francis ao longo de todo o filme, seja às 6 da manhã ou 22 da noite. Apenas olhe esse peignoir usado por Francis nesta cena ao amanhecer:

Há de se deixar até mesmo o senso de certo ou errado de lado, já que em Sócios no Amor (1933), do mesmo Ernst Lubitsch, ele toca no assunto de amor a três. Só que no filme de 1933 estrelado por Gary Cooper, Miriam Hopkins e Fredric March, o trio é entre dois homens e uma mulher.

É um filme do Lubitsch, portanto, não espere algo dentro da caixinha ou explícito. Ele sabia, como ninguém, tocar em assuntos que podiam parecer até mesmo chocantes, mas de uma forma tão elegante que você nem notará que acaba torcendo por coisas que na vida real naturalmente pode ser contra.

Por último, uma curiosidade: O filme foi baseado na peça “The Honest Finder”, de László Aladár. A peça que estreou em 1931, por sua vez, era baseada no livro de George Manolescu, um ladrão que lançou suas memórias em 1905. Esta não foi a primeira adaptação das telas, mas se tornou a mais conhecida quando Lubitsch propôs a Samson Raphaelson fizera adaptação para o cinema. Sim, amo uma curiosidade, e esse abaixo é o Gaston da vida real, George Manolescu:

George Manolescu

 

O filme está sendo lançado no Brasil pela Obras Primas do Cinema

 

Este delicioso filme está sendo lançado pela Obras Primas do Cinema em um lindo digipak dedicado à Ernst Lubitsch e que traz dvds com quatro filmes do diretor: Sócios no Amor (Design for Living, 1933, 91 min.), Ladrão de Alcova (Trouble in Paradise, 1932, 82 min.), A Oitava Esposa de Barba Azul (Bluebeard’s Eighth Wife, 1938, 85 min.) e Madame Dubarry (Madame Dubarry, 1919, 114 min.).

unnamed-2
Olha que lindeza o material

Além dos extras: Entrevista com Joseph McBride (22 minutos), Introdução de Ladrão de Alcova (10 minutos), The Clerk – Segmento dirigido por Lubitsch, estrelado por Charles Laughton (2 minutos) e Als Ich Tot War – Primeiro filme sobrevivente da filmografia de Lubitsch (37 minutos).

Você pode adquirir o dvd clicando na imagem abaixo:

Confira também:

Comente Aqui!